Disney coloca aviso de conteúdo racista em alguns de seus clássicos

“Estes estereótipos estavam errados na época e estão errados agora”

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O serviço de streaming Disney+ inseriu um aviso de retrato preconceituoso em alguns de seus clássicos, como “A Dama e o Vagabundo”, “Dumbo”, “Peter Pan”, “Mogli”, “Aristogatas” e “A Cidadela Robinson”. Antes de assistir ao longa, a plataforma apresentará o comunicado acompanhado de explicações que contextualizam as representações racistas.

divulgação
Peter Pan, de 1953, terá aviso de representações racistas

Lê-se no aviso: “esses estereótipos estavam errados na época e estão errados agora”.

A Disney+ estreia no Brasil em 17 de novembro.

Racismo é crime

“Mercado de Escravos de Valongo” (óleo sobre tela, 1822)

No Brasil, o racismo é crime previsto pela Lei 7.716/89 e deve sempre ser denunciado, mas muitas vezes não sabemos o que fazer diante de uma situação como essa, nem como denunciar, e o caso acaba passando batido.

Desde 1989, a Lei 7.716 define como crime a discriminação pela raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Para começar, é preciso entender que a legislação define como crime a discriminação pela raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, prevendo punição de 1 a 5 anos de prisão e multa aos infratores.

A denúncia pode ser feita tanto pela internet, quanto em delegacias comuns e nas que prestam serviços direcionados a crimes raciais, como as Delegacias de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), que funcionam em São Paulo e no Rio de Janeiro.

No Brasil, há uma diferença quando o racismo é direcionado a uma pessoa e quando é contra um grupo.

Racismo x injúria racial

Crédito: Marcello Casal Jr/Agência BrasilBrasília – Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver em Brasília, reúne mulheres de todos os estados e regiões do Brasil (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Assim como definido pela legislação de 1989, racismo é a conduta discriminatória, em razão da raça, dirigida a um grupo sem intenção de atacar alguém em específico. Seu objetivo é discriminar a coletividade, sem individualizar as vítimas.

Esse crime ocorre de diversas formas, como a não contratação de pessoas negras, a proibição de frequentar espaços públicos ou privados e outras atividades que visam bloquear o acesso de pessoas negras. Nesses caso, o crime é inafiançável e imprescritível.

Compartilhe: