Douglas Souza sofre homofobia em aeroporto europeu: ‘Pior dia da vida’

"Tenho medo deles tirarem a minha passagem e me deportarem", disse o atleta sobre detalhar o episódio preconceituoso

Na última terça-feira, 7, Douglas Souza, jogador da seleção brasileira masculina de vôlei, disse ter sofrido homofobia em um aeroporto da Europa quando estava indo para a Itália, onde jogará pelo Vibo Valentia. Através de vídeo no Instagram, o atleta demonstrou revolta e ainda relatou o preconceito durante sua viagem com o namorado. “Hoje é um dos piores dias da minha vida”, desabafou ele.

Douglas Souza sofre homofobia em aeroporto europeu: ‘Pior dia da vida’
Créditos: Reprodução/Instagram @douglasouza
Douglas Souza sofre homofobia em aeroporto europeu: ‘Pior dia da vida’

“Foi horrível. Está sendo horrível. Puro preconceito, homofobia, vocês não têm noção. Eu vou, sim, explanar isso, porque eu não mereço, ninguém merece isso”, contou o atleta.

Ele também disse que só falará detalhes do ocorrido quando estiver em casa, pois tem medo de represálias no país. “Eu só não vou contar realmente o que aconteceu hoje porque eu tenho medo deles tirarem a minha passagem e me deportarem”, finalizou.

A situação teria acontecido em uma ponte aérea de Amsterdã, na Holanda, para Roma, na Itália. Pelas suas redes sociais, Douglas confirmou que já está na Itália, a caminho da cidade de Vibo. O jogador disse que vai esclarecer a situação assim que se estabelecer na sua nova residência.

Assessorado pela agência de Preta Gil, Douglas Souza é um fenômeno não só nas quadras, como nas redes sociais. O jogador de vôlei chegou com apenas 200 mil seguidores nas Olimpíadas de Tóquio. Atualmente, ele está com mais de 3 milhões.

https://twitter.com/ninjaesportes/status/1435635159429226496