Muito além de Vittar: 8 drag queens cantoras que você vai amar

Por: Redação | Comunicar erro

Não há dúvidas de que Pabllo Vittar redefiniu a percepção do Brasil sobre a cena de drag queens nacional, levando à grande mídia e à população um novo conceito sobre essa arte. Contudo, a artista do Maranhão não é a única a se destacar na área, principalmente quando o assunto é música.

RuPaul, por exemplo, internacionalmente conhecida pelo reality show RuPaul’s Drag Race, entrou para a lista de divas do pop ainda no século passado, tendo mais de 10 discos gravados. Em seu programa, diversas drag queens se destacaram pela voz, como Adore Delano e Courtney Act, que inclusive, participaram dos consagrados American e Australian Idols.

Pabllo Vittar, Aretuza Lovi e Gloria Groove em cena do clipe “Joga Bunda”

No Brasil, as drags fazem parte da cena cultural há muito tempo e ganharam ainda mais visibilidade com a onda de queens que cantam e arrasam no gogó, sem abrir mão da peruca ou do salto alto.

Pensando nisso, o Catraca Livre listou uma série de drag queens nacionais e internacionais que você precisa conhecer e, com certeza, vai se apaixonar. Aumente o som e se prepare para conhecer estes talentos:

  • Adore Delano

Em 2008, usando ainda seu nome de batismo, Danny Noriega foi selecionado pelo programa American Idol, o que considera o início real de sua carreira como cantor.

O norte-americano passou a gravar vídeos para o Youtube, em que assumia outras personalidades, época em que descobriu a identidade de Adore Delano.

Seis anos depois, a drag competiu na 6ª temporada de RuPaul’s Drag Race, na qual chegou à final. No mesmo ano, deu vida à seu primeiro álbum, “Till Death Do Us Party”, cuja música “I Adore U” conquistou espaço nas paradas de sucessos da Billboard.

Adore vem ao Brasil este ano, e se apresenta em São Paulo, no Teatro Bradesco (3 de agosto), no Rio de Janeiro, no Teatro Rival (4 de agosto) e em Porto Alegre, no Opinião (5 de agosto).

  • Gloria Groover

Nascido em São Paulo e filho de cantora, Daniel Garcia iniciou a vida artística em 2002, quando integrou a formação mais moderna do Balão Mágico.

O artista cantou no coral da igreja que frequentava e trabalhou como dublador em programas famosos, como “Hannah Montana”, “Digimon” e “Power Rangers”.

Já como drag queen, em 2006, iniciou a carreira profissional de cantor com o lançamento da música “Dona”, com a qual se apresentou em vários estados do Brasil.

  • Alaska Thunderfuck 5000

“Alaska” foi o nome escolhido por Justin Andrew Honard para representar seu trabalho artístico. Além de participar da quinta temporada, a drag queen foi a vencedora da segunda edição de RuPaul’s Drag Race All Stars, em 2016.

Conhecida também como a ex-namorada da drag Sharon Needles, Alaska tem dois discos gravados e já realizou diversos show no Brasil.

No final do ano passado, a drag lançou o clipe da música “Come to Brazil”, que, segundo ela, é uma manifestação de amor aos fãs brasileiros.

  • Aretuza Lovi

Bruno Nascimento, mais conhecido como Aretuza Lovi, nasceu em Cristalina, Goiás, e descobriu o amor pela arte drag em 2012, quando se vestiu com as roupas da mãe de um amigo para gravar um vídeo por diversão.

Aretuza participou do programa “Amor e Sexo”, da TV Globo, em 2016, mesmo ano em que lançou seu segundo EP, “Nudes”, e uma parceria com Glória Groove, no hit “Catuaba”.

Ainda em 2018, a cantora promete lançar “Mercadinho”, seu primeiro álbum.

  • Trixie Mattel

View this post on Instagram

MOVING PARTS TOUR UK

A post shared by Trixie Mattel (@trixiemattel) on

Depois de passar anos de sua vida ouvindo “trixie” como um apelido maldoso dado por seu padrasto por conta de seu comportamento afeminado, Brian Michael Firkus se agarrou no nome para superar traumas da infância e o transformou em inspiração para sua arte.

Inspirada em Dolly Parton, Olivia Newton-John, Lady Bunny e, claro, na boneca Barbie, Trixie Mattel foi selecionadas para duas temporadas de RuPaul’s Drag Race, levando, inclusive o titulo de vencedora na edição de All Stars de 2018.

Como cantora, a drag tem um álbum e dois EPs lançados, com músicas originais interpretadas tanto por Trixie quanto por Brian, que serão apresentadas ainda este ano na primeira turnê da carreira da artista.

  • Lia Clark

A artista de Santos é considerada uma das pioneiras na arte drag dentro do universo do funk. Dona do hit “Trava Trava”, Lia lançou em 2016 seu primeiro EP, “Clark Boom”, com sete canções.

Ao longo de sua carreira, Rhael Lima de Oliveira, artista por trás da queen, já gravou parcerias com outros músicos famosos, como Banda Uó e Mulher Pepita, atingindo as primeiras posições em listas de músicas mais ouvidas no Brasil.

  • Mia Badgyal

Mia Badgyal é uma das apostas do novo cenário musical drag de São Paulo. Nascida na capital paulista, a artista já trabalhou como estilista e DJ, e, agora, lança o clipe de seu primeiro single, “Na Batida”.

Em entrevista ao site Superpride, Mia revelou: “O clipe também tem algumas referências latinas que também incorporam a minha persona. Minha proposta é manter a latin music como parte do enredo de minha carreira quanto artista LGBTQ, reforçando mais ainda a cena local de drag queens”.

  • Kaya Conky

Fã do programa RuPaul’s Drag Race, Igor Ferreira percebeu aos 19 anos que seu destino era se tornar drag queen, dando vida à Kaya Conky.

Nascido em Fortaleza, a drag ganhou notoriedade após o lançamento da música “E Aí Bebê”, em novembro de 2016, o que a motivou seguir na carreira de cantora.

Com novas canções, Kaya entrou em turnê por boates LGBT nacionais e, agora, se prepara-se para lançar seu primeiro álbum.


Leia mais:

Compartilhe:

1 / 8
1
02:15
X-Men: Fênix Negra promete o fim da saga dos mutantes no cinema
Ambientado em 1992, X-Men: Fênix Negra estréia em Junho de 2019. No filme, o professor Charles Xavier (James McAvoy) está …
2
02:29
Novo trailer de Rei Leão bomba nas redes
O filme mais esperado da Disney para 2019 é O Rei Leão! A história já está no imaginário de todo …
3
02:20
Netflix: Verdades e mentiras sobre a monogamia
Monogamia ou poliamor? Parou prá pensar? Hoje damos 2 dicas para você assistir na Netflix que ajudam a refletir sobre esse …
4
02:22
Artemis Fowl: Disney traz um novo mundo da fantasia
Finalmente Artemis Fowl estréia nas telonas do cinema. Com lançamento previsto para Agosto de 2019, o filme é uma mistura …
5
03:21
Netflix, Google Play e Now: 9 ótimas dicas de filmes e séries
Quer ficar em casa e assistir a uma seleção de filmes de diversos temas para se divertir, aprender e se …
6
01:01
Adolescentes de Thalita Rebouças vão as telas com Maísa Silva
Baseado em um livro homônimo de Thalita Rebouças, “Ela Disse, ele disse” é mais uma adaptação do fenômeno por trás …
7
01:34
Globoplay: uma história desconhecida de The Handmaid’s Tale
No dia 5 de junho estreia a terceira temporada de Handmaid’s Tale, o distópico universo criado por Margaret Atwood. Vencedora de …
8
03:22
Netflix: As emocionantes amizades na doença
Você tem um amigo de verdade com quem você pode realmente contar na vida? Em qualquer situação? Será que você é …