Últimas notícias:

Loading...

Empresário de Luva de Pedreiro tentou comprar imóvel de R$ 8 milhões

Em meio a polêmicas de mal gerenciamento da carreira do jovem, Allan Jesus também está em negociação de mais 4 casas no Rio de Janeiro

Por: Redação

O empresário Allan Jesus, responsável por agenciar o influenciador Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, tentou comprar quatro apartamentos e estaria adquirindo um novo imóvel avaliado em R$ 8 milhões que fica dentro de um condomínio de luxo, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Allan está no centro de uma polêmica após o influenciador ameaçar dar uma pausa em sua atividade nas redes sociais.

Empresário de Luva de Pedreiro tentou comprar imóvel de R$ 8 milhões
Crédito: Reprodução/Instagram @luvadepedreiroEmpresário de Luva de Pedreiro tentou comprar imóvel de R$ 8 milhões

Nesta quinta-feira, 24, o site do canal SBT mostrou prints de conversas do empresário com corretores de um condomínio em Jacarepaguá, também na Zona Oeste, no qual ele, no começo de junho, pesquisaria valores e mostraria pressa para finalizar o negócio à vista. Nas conversas, Allan pede informações sobre os apartamentos e fala as suas preferências.

Em seguida, ele diz que enviou os anúncios, que variam de R$ 650 mil a R$ 800 mil, com metragem de até 90 metros quadrados para sua mulher analisar. De acordo com o SBT, ele revela a um dos corretores, por telefone, que estava adquirindo um imóvel de R$ 8 milhões no Condomínio Alphaville, localizado na Barra da Tijuca.

Influencer tem menos da metade de empresa

O influencer tem menos da metade da empresa criada para gerir sua carreira. O jovem detém 45% do capital social da companhia, enquanto os agentes Allan Jesus e Victor Melo (este também influencer) somam os outros 55%. Do ponto de vista prático, isso significa que o Luva pode ser voto vencido nas decisões.

A gestão que a dupla está fazendo da carreira de Luva de Pedreiro se tornou um ponto de discussão e também de revolta entre os seguidores do influencer quando o site Metrópoles divulgou que duas contas bancárias ligadas a eles haviam movimentado só R$ 7,5 mil neste ano. Pouco tempo antes, Iran postou um vídeo em que prometeu suspender a postagem de vídeos nas redes sociais: ele seguiu publicando, porém apagou todas as referências ao empresário de seu perfil da rede social.

Compartilhe:

?>