CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Equipe de Ivy, do BBB20, fecha perfil no Twitter após acusações de racismo

Modelo não acredita que Babu e Thelma sofrem discriminação pela cor dentro do programa

Por: Redação

O perfil de Ivy, participante do Big Brother Brasil (BBB20) no Twitter, foi fechado nesta quarta-feira, 8, pela equipe que está cuidando da imagem da modelo enquanto ela está confinada no reality show da Globo.

Isso porque a sister estava recebendo ataques dos internautas, que a acusavam de racismo. Agora, quem quiser seguir a mineira precisará receber uma aprovação.

preta gil ivy fernanda paes leme
Crédito: Reprodução/Globo e InstagramFamosos, como Preta Gil e Fernanda Paes Leme criticaram a postura de Ivy

O número de ofensas cresceu muito nesta semana, depois que Ivy voltou a negar a existência de racismo dentro do programa, atingindo diretamente Babu e Thelma.

Segundo ela, a dupla não sofre discriminação pela cor por parte dos demais confinados. “A Marcela falou que tem muito que tá na sociedade esse ‘trem’ de racismo mesmo. Só que usar isso pra poder… ninguém aqui eu vejo criticando eles ou sendo racistas com eles dentro do programa. Eu pelo menos nunca vi”, declarou em conversa com Flay.

Não demorou muito para que Ivy fosse criticada por sua postura agressiva e indiferente ao problema social. Diversos famosos, inclusive, se manifestaram contra a modelo.

Fernanda Paes Leme, por exemplo, chamou a amiga de Gizelly de ‘nojenta’. Já Giovanna Ewbank combinou com os seguidores de eliminar a confinada no próximo Paredão. Preta Gil, por sua vez, desabafou: “Não tô conseguindo nem postar dada a minha ânsia, como temos que evoluir!”.

Em entrevista à revista Quem, Márcia Caroline Bastos, amiga de Ivy, garantiu que ela não é racista e endossou o comportamento da participante: “A Ivy fala sem pensar, mas tem um coração enorme, trata todos igualmente. Ela está jogando com o coração”.

Como denunciar racismo

Racismo é crime previsto pela Lei 7.716/89 e deve sempre ser denunciado, mas muitas vezes não sabemos o que fazer diante de uma situação como essa, nem como denunciar, e o caso acaba passando batido.

Para começar, é preciso entender que a legislação define como crime a discriminação pela raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, prevendo punição de 1 a 5 anos de prisão e multa aos infratores.

A denúncia pode ser feita tanto pela internet, quanto em delegacias comuns e nas que prestam serviços direcionados a crimes raciais, como as Delegacias de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), que funcionam em São Paulo e no Rio de Janeiro.

No Brasil, há uma diferença quando o racismo é direcionado a uma pessoa e quando é contra um grupo. Confira aqui a diferença e saiba quando se deve denunciar uma atitude racista.

Acompanhe a página especial do BBB20 na Catraca Livre e fique por dentro de tudo que rola na casa mais vigiada do Brasil!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.