Evandro Santo detona Pânico após ter conflito com a mãe exposto

Ex-integrante do extinto humorístico disse que era sabotado nos bastidores

Por: Redação | Comunicar erro
Evandro Santo

Evandro Santo colocou a boca no trombone sobre sua passagem pelo “Pânico na Band”, durante entrevista ao “Programa do Porchat”, da Record TV, na madrugada desta quinta-feira, 17.

O humorista do extinto dominical revelou que teve de abrir mão de alguns valores pessoais para atender às expectativas da direção do programa. O ator, inclusive, usou a palavra “prostituição” para definir o seu papel dentro da atração.

Segundo ele, após se recusar a trazer publicamente o conflito que tinha com sua mãe, a produção do humorístico deixou de exibir suas reportagens.

“Queriam me colocar em uma matéria de dia das mães. Saí de casa cedo, fui expulso, então não falo com a minha mãe e não queria fazer isso. Daí, recebo uma ligação de Uberaba e me avisam que minha mãe estava em São Paulo. Avisei que não ia fazer isso, porque tenho que resolver isso em privado. Não fui na gravação e minha mãe voltou pra casa dela. Depois disso, eu gravava as matérias e nada ia pro ar. Fui colocado na geladeira, então para voltar sugeri que eles fizessem um quadro procurando o pai que não conheço. Nem assisti a matéria, e percebi ali que estava me prostituindo para conseguir atenção”, declarou.

Evandro Santo aproveitou o momento desabafo para falar sobre sua recente demissão da Band, em que participava do programa de Cátia Fonseca, “Melhor da Tarde”.

“Fui demitido, chorei dois dias, saí cantando e dublando Madonna, e agora descobri que a vida tá bela. Sempre tive vontade de fazer um programa feminino, à tarde, fazendo bolo de chocolate, entrevistando pessoas, então agarrei minha chance com a Cátia. Não deu muito certo porque tenho um estilo único, algo mais debochado”, completou.

Evandro Santo e Cátia Fonseca

Leia também:

Compartilhe:

1 / 8
1
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
2
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
3
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
4
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
5
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
6
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
7
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …