CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Ex-panicat, Carol Dias processa Band por assédio sexual e moral

Carol dias pede inicialmente R$300 mil em indenização

Por: Redação

Nesta terça-feira, em entrevista ao programa do SBT, “Fofocalizando”, a ex-panicat Carol Dias contou que entrou com um processo judicial contra a Band após se recuperar de traumas psicológicos gerados por ter sido assediada moralmente e sexualmente no ambiente de trabalho, o programa “Pânico”.

Crédito: Reprodução/SBTCarol Dias durante entrevista ao “Fofocalizando”

A ex-dançarina compôs o elenco do “Pânico” por cinco anos, e pedia que a direção revisasse o comportamento de sua personagem, que se envolvia em várias situações embaraçosas, mas nunca foi ouvida. O programa deixou de ir ao ar em 2017.

“Os últimos dois anos eu pedi para reverem o meu papel [no programa] e nunca fui atendida. Uma vez fui gravar com um diretor de externa. Uma menina me perguntou: ‘Você namora?’. O diretor falou: ‘Ela não namora, ela tem cliente’. É humilhante. Saí chorando da gravação”, contou Carol.

“Eu estava cheinha e tive que escutar de uma diretora: ‘Cartão vermelho pra você, você está gorda'”. Carol também relembrou um episódio no qual foi constrangida pelos diretores. “A mesma diretora chegou para mim um dia e falou: ‘Carol, me faz um favor? Me dá o seu maiô porque o diretor pediu'”, relatou.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.