Últimas notícias:

Loading...

Experimento explora rejeição que pessoas acima do peso sofrem

Por: Catraca Livre

Nos relacionamentos iniciados através do Tinder, basta as pessoas se interessarem pela aparência e gostos da outra e marcarem um encontro amoroso. Usando esse programa, o Simple Pickup realizou um experimento pra ver a reação dos seres com a quebra de expectativa, transformando os modelos com corpos bem mais gordos do que nas fotos do aplicativo.

Na brincadeira, a mesma modelo das imagens do Tinder passou por uma “maquiagem de engorda”, na qual ganhou alguns quilos falsos. O mesmo procedimento foi realizado com um homem e os encontros de ambos foram filmados com câmeras escondidas.

Quando os pretendentes encontraram a mulher mais gorda do que nas fotos, poucos disfarçaram a surpresa e fizeram perguntas como “de quando era aquela foto?”. Apenas um dos homens continuou a conversa, enquanto os outros, para fugirem do encontro, disseram ser casados ou que precisavam ir ao banheiro.

Em relação ao modelo masculino, as reações foram diferentes. Mesmo que tenham notado a diferença com as fotos postadas, as mulheres não se importaram e conversaram normalmente. Inclusive, uma delas chegou a beijá-lo durante o encontro.

Certamente essa “cultura da magreza” está impregnada na sociedade atual, principalmente em relação às mulheres. Os organizadores do experimento, ao elaborarem a ideia, relataram que: “o maior medo de uma mulher ao participar de aplicativos online de encontros é que ela vá se encontrar com um serial killer. O maior medo dos homens é que a mulher seja gorda”.

Assista aos vídeos e veja mais imagens:

Via Hypeness

Compartilhe: