Feirante tira CNH após treze tentativas e ganha festa temática

Por: Redação | Comunicar erro
Depois de 13 reprovações, o feirante Paulo Alves Barbosa, de 48 anos, conquistou a sonhada CNH

Não foram uma, três ou mesmo cinco vezes. O feirante Paulo Alves Barbosa, de 48 anos, reprovou nada mais nada menos do que doze vezes o exame para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Qualquer outra pessoa talvez desistisse, mas não o morador do Sítio Serrote dos Bois, zona rural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A cada nova reprovação, a tristeza aumentava, mas o feirante nunca pensou em desistir.

O feirante começou a saga para tirar a CNH em junho de 2016, quando deu entrada no processo pela primeira vez. De lá para cá, ele reprovou nove vezes somente na prova teórica.

Depois que passou na prova teórica, Paulo Alves começou as aulas práticas e, em seguida, reprovou na primeira baliza, a de motocicleta.

Como já havia passado um ano da abertura do processo, em função das normas do Detran, o feirante precisou reabrir o processo. Ele foi aprovado na baliza da moto, mas reprovou outra duas vezes na prova prática de carro. Na terceira vez, ele, finalmente, foi aprovado e ficou, claro, bastante feliz.

“Chorei de alegria, foi um sonho realizado depois de muita luta. Sempre dizia a todo mundo que só desistiria se não houvesse mais jeito, mas iria até o fim”, disse ao “G1“.

A alegria foi tamanha que o feirante ganhou até uma festa temática surpresa da família. A filha, Monique Florência, confeccionou um bolo com o tema CNH, com desenhos de carros e a frase “quem acredita sempre alcança”. “Meu pai parecia pinto no lixo de tão feliz que estava”, disse.

“Em um momento, achamos que ele não iria conseguir por causa das inúmeras tentativas. Mas ele nos mostrou que quem acredita sempre alcança. Todos da família estavam fazendo corrente de oração para ele conseguir passar”, ressaltou.

  • Leia mais:

1 / 8
1
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
2
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
3
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
4
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
5
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
6
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
7
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …