Gretchen detona comentários transfóbicos sobre seu neto na web

"Estou tendo o tempo e prazer de bloquear todas as pessoas que estão falando merda sobre meu neto e meu filho”, disse a cantora

Por: Redação

Gretchen postou um vídeo em seu perfil do Instagram, nesta sexta-feira, 10, detonando comentários transfóbicos sobre seu neto, Bento, recebidos após a cantora publicar uma sequência de fotos dele que é fruto do relacionamento de Thammy Miranda e Andressa Ferreira.

gretchen neto
Gretchen detona comentários transfóbicos sobre seu neto na web

Os comentários criticavam o neto e a família de Gretchen, por Thammy, um homem transexual, se tornar pai.

“Estou fazendo esse vídeo porque tem pessoas infelizes que não conseguem conviver com a felicidade dos outros, que vem falar besteiras nas redes sociais. Estou tendo o tempo e prazer de bloquear todas as pessoas que estão falando merda sobre meu neto e meu filho”, disse a cantora.

“Exijo no mínimo respeito, então você, minoria, não perco meu tempo com você que é desprezível, pequeno e baixo”, salientou Gretchen.

A mãe de Thammy também deixou um recado para quem está curtindo o nascimento de Bento. “Daqui a pouco vem mais fotos com a carinha dele, e vocês vão amar”, prometeu.

A informação é a melhor arma contra o preconceito! Apesar de transfobia e homofobia não serem a mesma coisa – um diz respeito à violência contra a identidade de gênero e o outro à orientação sexual – a criminalização da homofobia pelo STF, em junho de 2019, se estende a toda comunidade LGBT e também equipara atos transfóbicos ao crime de racismo.

Saiba como denunciar crimes de transfobia

Em casos de transfobia em páginas da internet ou em redes sociais, é necessário que o usuário acesse o portal da Safernet e escolha o motivo da denúncia.

Feito isso, o próximo passo é enviar o link do site em que o crime foi cometido e resumir a denúncia. Aproveite e tire prints da tela para que você possa comprovar o crime. Depois disso, é gerado um número de protocolo para acompanhar o processo.

Também é possível fazer a denúncia na delegacia. Todas elas tem o dever de atender as vítimas de transfobia e de buscar por justiça. Nesses casos, é necessário registrar um Boletim de Ocorrência e buscar a ajuda de possíveis testemunhas na luta judicial a ser iniciada.

As denúncias podem ser feitas também pelo 190 (número da Polícia Militar) e pelo Disque 100 (Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos).

Em alguns estados brasileiros, há órgãos públicos que fazem atendimento especializado. Para mais informações, clique aqui.


Imagem Carnaval Sem Assedio
1
A eterna campanha para desqualificar ‘Democracia em Vertigem’
A menos de uma semana do Oscar, o documentário “Democracia em Vertigem” volta a ser alvo de ataques. Desta vez, …
2
Democracia em Vertigem é indicado ao Oscar; confira outros finalistas
Finalmente foi divulgada a lista dos finalistas ao Oscar 2020 e uma das grandes surpresas para nós brasileiros foi a …
3
Davi (ex-Banda Uó) indica seus lugares favoritos em SP
Qual a relação entre uma batalha de vogue e o bairro oriental da Liberdade? Na cidade de São Paulo vivida …
4
Cenas de machismo que não queremos ver novamente no próximo BBB
Entramos na contagem regressiva para a estreia da 20ª edição do Big Brother Brasil (BBB), prevista para ir ao ar …
5
Adoniran Barbosa ganha documentário sobre sua vida e obra
Finalmente Adoniran Barbosa ganhará uma homenagem à altura de seu talento. O documentário "Adoniran - Meu Nome É João Rubinato" …
6
Netflix: ‘O Monstro ao Lado’ mostra os caminhos tortuosos da justiça
O documentário "O Monstro ao Lado" retrata o dramático processo de julgamento de John Demjanjuk, um pacato cidadão ucraniano que …
7
‘O Irlandês’, de Scorsese, na sua sala
"O Irlandês", filme do diretor Martin Scorsese é lançado na plataforma de streaming Netflix.Com um elenco de tirar o fôlego …
8
‘Inacreditável’: a série da Netflix que veio para surpreender
A série original da Netflix "Inacreditável" é baseada em um caso real e promete te fazer maratonar os 8 episódios …