JN: William e Renata explicam caso do homem que fez jornalista refém

Os jornalistas agradeceram pelo apoio de personalidades, colegas de profissão e público em geral

Por: Redação

Ao vivo na edição do “Jornal Nacional” da noite desta quarta-feira, 10, William Bonner e Renata Vasconcellos explicaram tim-tim por tim-tim o caso do homem que invadiu a Rede Globo de Televisão na tarde de hoje, e fez a jornalista Marina Araújo refém.  O caso foi comentado ao final do jornal.

“Um homem armado com uma faca fez a repórter Marina Araújo de refém. A segurança da Globo isolou o local imediatamente e chamou a Polícia Militar. Alguns minutos depois, o comandante do 23º Batalhão, coronal Heitor Henrique Pereira, já estava negociando com o invasor, que ameaçava nossa colega.”, começou Bonner.

william e renata
Crédito: Reprodução/TV GloboWilliam e Renata explicam tim-tim por tim-tim caso do homem que invadiu a Globo e fez repórter de refém

O âncora do “JN” revelou que o homem não estava ali por Marina, mas por Renata Vasconcellos, sua colega de bancada. “O homem estava perturbado. Ele exigia ver a Renata Vasconcellos, porque é o aniversário dela, e ficava repetindo isso o tempo todo. O coronel Heitor negociou com o invasor com muita firmeza e a Renata seguiu as instruções. Ela foi até o local, e quando o invasor viu a Renata, ele soltou a arma, libertou a Marina Araújo, foi preso, sem que ninguém tenha se ferido, felizmente.”, disse.

Bonner agradeceu ao apoio de personalidades, colegas de profissão e público, e também parabenizou o trabalho da polícia. “Ao longo da tarde, a notícia correu e recebemos muitas manifestações de apoio. Agradecemos a todas as mensagens. Foi um susto enorme, mas nós recebemos aqui na redação as duas colegas sãs e salvas, e agradecemos também a ação impecável da PM na proteção delas.”, disse.

Ao referir-se à colega, o jornalista comemorou o fato de ela estar bem. “Não foi um aniversário tranquilo, né Renata? Mas o fato mais importante é que a Marina tá bem, você tá bem, e vida que segue”.

Renata completou a fala de Bonner, fazendo um apelo de paz ao público.”É isso. Vida que segue. Desejo a todos PAZ. Boa noite!”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.