Jornalista revela motivo que o levou a pedir demissão da Globo

"Não vejo como um ato de coragem. Acima de tudo é uma necessidade", refletiu ex-correpondente que trabalhou 23 anos na emissora

Por: Redação

Após 23 anos dedicados à Globo, o jornalista Rodrigo Alvarez anunciou sua saída da emissora carioca na semana passada. Ex-correpondente na Europa, ele resolveu investir em uma nova empreitada.

Com a mulher e os três filhos, se mudou parra Flórida, nos Estados Unidos, onde se dedicará exclusivamente à carreira literária. Autor de nove livros nos últimos dez anos, já vendeu mais de 800 mil exemplares. Com status de best-seller, se prepara, agora, para a décima publicação.

Especializado em temas religiosos, Alvarez começou a carreira cobrindo investigações históricas. Anos depois se projetou para a ficção cientítifca, abrindo caminho para sua carreira como escritor.

Amor pelas palavras

Em entrevista ao site Notícias da TV, o jornalista explicou os motivos que o levaram a pedir demissão da Globo_que ele garante ter saído com as portas abertas. Confira alguns trechos da conversa:

“Não vejo como um ato de coragem. Acima de tudo é uma necessidade: me mover e experimentar a vida de outras formas. Sou muito jovem. Cheguei aos 45. É só o primeiro tempo e eu não iria ficar me repetindo quando já não tinha o tesão que sempre tive.”

“Entusiasmo é uma coisa que tenho desde criança: sou movido a desafio, preciso estar sempre aprendendo, e não consigo me imaginar repetindo fórmulas ou mantendo conquistas. Acho que não estava mais me desenvolvendo –razões minhas mesmo, minha forma de ser– e, desde que a internet passou a ditar o ritmo do jornalismo, o trabalho do correspondente, que sempre foi com grandes reportagens, ganhou um viés muito imediatista”. E ressaltou: “Senti que era importante me permitir começar de novo, valorizando exatamente aquilo que me levou ao jornalismo: o amor pelas palavras.”

A entrevista completa você confere no site Notícias da TV. 

Compartilhe: