Últimas notícias:

Loading...

Jovens usam Pix como aplicativo de paquera; entenda

O Banco Central alerta para o risco de compartilhar dados pessoais com desconhecidos

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O PIX, meio de pagamento eletrônico lançado pelo Banco Central do Brasil no final do ano passado, ganhou uma outra finalidade: aplicativo de paquera.

O uso alternativo do sistema de pagamentos já tem até nome para seus usuários no Twitter: são os ‘pixsexuais’, que publicam stories que têm viralizado com a hastag “#pixtinder”. As informações são do jornal Extra.

Pix
Crédito: Reprodução/Twitter Jovens usam Pix como aplicativo de paquera; entenda

Ao fazer uma transferência de dinheiro pelo Pix, há a possibilidade de enviar uma mensagem ao destinatário. No entanto, em vez de colocar a descrição do pagamento, os usuários estão usando o espaço para cantadas.

Os internautas até criaram uma tabela com o significado de cada valor enviado.
Quem envia R$ 1 quer dizer “te acho lindo”; mandar R$ 4 é o mesmo que declarar “tenho interesse”; a transferência de R$ 10 significa “queria um encontro”; e a remessa de R$ 19 equivale a um pedido de número de telefone.

Diferente de outros aplicativos como WhatsApp, Instagram ou Facebook, não há como o usuário bloquear o intruso.

O Banco Central alerta para o risco de compartilhar dados pessoais com desconhecidos, principalmente se divulgado em redes sociais abertas.

Compartilhe: