Últimas notícias:

Loading...

Klara Castanho se pronuncia sobre papel em série da Netflix

A atriz interpretará Ângela, uma jovem que sofre abuso sexual do próprio pai, um líder religioso respeitado dentro de sua comunidade

Por: Redação

Após relatar ter sofrido um estupro, Klara Castanho se pronunciou sobre o papel que irá fazer em série da Netflix. Na segunda temporada “Bom Dia, Verônica”, a atriz fará uma jovem que sofre abuso sexual do próprio pai, um religioso respeitado dentro de sua comunidade, e que será interpretado por Reynaldo Gianecchini. “Que nossa Ângela traga ventos de mudanças. É só o que eu desejo agora. Obrigada pelo cuidado de vocês”, escreveu Klara.

Klara Castanho se pronuncia sobre papel em série da Netflix
Crédito: Reprodução/Instagram @klaracastanhoKlara Castanho se pronuncia sobre papel em série da Netflix

A produtora da série fez uma publicação de homenageando a atriz, dizendo que está ao lado dela. Na próxima temporada da série da Netflix.

A respeito por tudo que Klara tem passado nos últimos dias ao ter sido exposta para o Brasil inteiro, cenas que envolvem abuso sexual e que a atriz estava envolvida foram excluídas da trama pela Netflix.

Ela não gravou nenhuma sequência explícita de estupro, só momentos que sugerem que existe um abusador, que no caso é o pai da personagem. Mesmo com todas essas medidas, a empresa de streaming vai tomar muito cuidado para abordar o assunto na produção audiovisual.

A nova leva de episódios da série terá novamente a policial Verônica (Tainá Müller) como a protagonista, desta vez em uma investigação sobre o líder religioso Matias (Reynaldo Gianecchini). Na trama, ele abusa da filha, Ângela (Klara Castanho), e da mulher, Gisele (Camila Márdila), sem levantar nenhuma suspeita por ser considerado um tipo de herói.

Gianecchini e Tainá postaram mensagens de apoio à colega de elenco depois que o caso de estupro veio à tona através da carta aberta publicada por ela mesma nas redes sociais.

O ator usou uma imagem dos dois nos bastidores da série. “Doeu muito em mim ouvir o seu relato e nunca vou conseguir dimensionar a sua dor e toda a complexidade de tudo que você viveu e vive ainda. Então me parece óbvio que não cabe a ninguém julgar”, escreveu o ator.

Já a atriz que faz a protagonista da série disse que estava muito impactada e sem palavras sobre o ocorrido. “O embrulho no estômago vai aumentando. A sensação é física. Sinto muito por essa exposição toda, dessa forma, por tudo o que aconteceu. Que a missão na qual ela se propôs, de desvelar essa misoginia absurda do país que vivemos, traga mudança de mentalidade”, disse.

Compartilhe:

?>