CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Luísa Sonza fala sobre os privilégios de ser branca

A cantora também falou sobre feminismo e a indústria musical

Por: Redação

A cantora Luísa Sonza, nesta terça-feira, 19, deu uma entrevista ao site Universa para falar de assuntos importantes como o feminismo e seus privilégios que teve durante a vida.

Crédito: Reprodução/InstagramA cantora Luísa Sonza fala sobre o privilégio de ser branca

Durante o bate-papo Luísa falou sobre a indústria musical que é bem racista e reforçou o papel importante que ela, como mulher branca, tem nesse meio. “Só por nascer branco, a gente é privilegiado. Eu sempre quis falar para as outras pessoas que não entendem isso. A gente tem que reconhecer isso, mas isso não significa que nossa vida não foi difícil. Temos que reconhecer o privilegio, olhar a nossa volta, não tirar o lugar de fala dessas pessoas. Mostrar e reconhecer isso. O branco reconhecer é um grande passo, e eu reconheço o meu. É o mínimo que a gente pode fazer em relação a nossa história”, afirmou.

Sobre o empoderamento feminino, como ela se refere, muito do que ela tem consciência hoje foi passado por sua mãe e avó, que a fizeram ter consciência sobre a sua própria força. “Eu sou muito grata e feliz por ser empoderada tão cedo, porque isso faz eu focar mais em mim e não no que os outros falam de mim. Isso é normal, não é só porque eu sou famosa que eu recebo críticas. Todo mundo está sempre ilhado de pessoas que querem o mal, desejam o mal. Eu tive um ensinamento muito grande da minha mãe e avó. Foram pessoas que me mostraram esse caminho de ser mulher e ter essa força e consciência tão forte. Critica todo mundo recebe, o diferencial é saber lidar com elas”, disse a cantora.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.