Últimas notícias:

Loading...

Marcos Oliveira, o Beiçola de ‘A Grande Família’, pede ajuda nas redes sociais

Tatá Werneck se prontificou a ajudar o colega de profissão

Por: Redação

Marcos Oliveira, de 69 anos, pediu ajuda financeira nas redes sociais para conseguir realizar uma cirurgia. O ator, que ficou famoso por interpretar Beiçola, em “A Grande Família”, foi diagnosticado com uma fístula que provoca infecções constantes.

“Estou precisando muito de ajuda. A coisa está barra pesada. Estou esperando para fazer a minha cirurgia da fístula que eu tenho na uretra, mas estou com a glicemia muito alta”, disse Marcos Oliveira.

“Tenho marcado endocrinologista agora para o dia 7 e estou precisando de ajuda. Não é muito, mas se puderem me ajudar, eu vou agradecer muito, porque só estou eu e as minhas cachorras.”

“Quero logo votar a trabalhar. Não estou aguentando. Estou desde dezembro esperando a minha melhora, mas essa coisa do Estado, a gente fica na fila esperando, esperando… E eu quero resolver o mais rápido possível para voltar a trabalhar. A única coisa da minha vida que me interessa é o meu trabalho. Por favor, me ajudem”, finalizou.

Tatá Werneck deixou um recado nos comentários dizendo que mandou um direct para o ator.

A saúde de Marcos Oliveira

Em junho de 2021, Marcos Oliveira realizou uma vaquinha para quitar dívidas. Sem trabalho, ele contava com a caridade de amigos até o início da arrecadação on-line. “Vou usar parte desse dinheiro para pagar minhas contas”, disse ele na ocasião.

beiçola
Crédito: Divulgação/TV GloboO ator Marcos Oliveira, o Beiçola de ‘A Grande Família’

“Devo uma base de R$ 30 mil no banco. E o restante vou tentar viver. Tenho que sair desse apartamento aqui em Botafogo, e ir para um lugar mais barato. Espero que eu consiga um dia ter um cantinho na vida para ficar junto com as minhas três cachorras”.

A arrecadação começou no dia 27 de maio, por meio do site Razões para Acreditar. O objetivo era ajudar com despesas correntes.

Além de diabético, o intérprete de Beiçola, de “A Grande Família”, foi diagnosticado com uma fístula que provoca infecções constantes. Em 2020, ele foi internado devido a um princípio de infarto.

Parado por causa da pandemia do coronavírus, ele cuida de três cachorros e não tem trabalho ou outras fontes de renda. Segundo Oliveira, um amigo que está na Europa o ajuda comprando comida.

Compartilhe:

?>