Últimas notícias:

Loading...

Show de Gusttavo Lima em cidade de 8 mil habitantes custa R$ 800 mil

Além da apresentação em São Luís, em Roraima, que é investigada pelo MP, o cantor ainda fará, por R$ 1 milhão, show em Magé (RJ) que também é criticado

Por: Redação

Nesta terça-feira, 25, O Ministério Público de Roraima instaurou inquérito para investigar a contratação de um show do cantor Gusttavo Lima no valor de R$ 800 mil pela Prefeitura de São Luiz, cidade de apenas 8 mil habitantes e o segundo menos PIB do estado, avaliado em R$ 147,6 milhões.

Crédito: Reprodução/Instagram @gusttavolimaShow de Gusttavo Lima em cidade de 8 mil habitantes custa R$ 800 mil

O show do cantor sertanejo foi contratado para 24ª edição da vaquejada na cidade, prevista para acontecer em dezembro. Além de Gusttavo Lima, o evento também terá as participações da dupla Cesar Menotti e Fabiano e da cantora Solange Almeida.

O Ministério Público quer saber como os dinheiro para pagar o evento foi arrecadado e se haverá algum tipo de retorno para o município. No total, a vaquejada custará R$ 3 milhões do erário público.

A Prefeitura de São Luiz terá dez dias para responder os questionamentos do MP.

Nas redes sociais, o tema gerou revolta nesta quarta e foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter. A contratação de Gusttavo Lima, que tem o cachê mais caro do país, chegando a custar R$ 1 milhão foi questionada.

Um dos posts sobre o assunto teve mais de 81 mil curtidas em menos de 24h. “Cada habitante pagou cerca de 100 reais para o show acontecer. Idosos, bebês, todos pagaram. Claro que não precisam de Lei Rouanet”, destaca um perfil que compartilhou sobre o show de Gustavvo Lima.

Show de Gusttavo Lima em Magé

Além do show em Roraima, no Rio de Janeiro, a Prefeitura de Magé contratou Gusttavo Lima para uma mega festa para comemoração dos 457 anos da cidade por R$ 1 milhão.

Segundo o portal G1, o valor para a realização dos shows já foi reservado pelo município.

Confira abaixo o preço de cada atração em Magé:

  • Gusttavo Lima — R$ 1 milhão
  • Belo — R$ 180 mil
  • Marcelo Falcão — R$ 180 mil
  • Pastora Midian Lima — R$ 75 mil
  • Comunidade Shalon – R$ 70 mil

Além do custo total dos shows, R$ 1,5 milhão, a prefeitura de Magé também irá pagar toda a estrutura necessária, como a locação de banheiros químicos, montagem de palco, som, luz e até fogos de artifício. O valor total que vai ser gasto não foi divulgado, mas a administração municipal realizou um pregão para contratar uma empresa para prestar o serviço.

Tudo será montado em um terreno no distrito de Piabetá.

Custos de shows acima de despesas fundamentais

Os gastos com dinheiro público nos shows de Gusttavo Lima e outros no evento, são bem acima do que muitas despesas fundamentais do município durante um ano inteiro.

O show de Gusttavo Lima vai custar dez vezes mais do que todo o investimento da prefeitura em atividades artísticas e culturais programada para 2022. Também é 500 vezes maior que o valor estimado em campanhas de vacinação.

O cachê de Belo é mais do que Magé tem previsto para investir na compra de equipamentos e veículos para a Secretaria de Segurança Pública em 2022. E também é maior do que o gasto com construção de unidades habitacionais populares e treze vezes maior que o previsto para a construção de creches municipais.

Magé vai gastar mais de R$ 1,5 milhão só com os shows do evento, o que gerou revolta na população. “Eu acho um absurdo, porque eles deviam gastar com saúde, educação e não com uma festa”, disse uma moradora da cidade.

“Eu acho que isso está muito errado. Tem que gastar com saúde, é o que nós estamos precisando. Nós vamos no hospital, não tem médico, não tem cardiologista, não tem dentista. A gente fica dois, três meses para ir no dentista, porque não tem”, disse outra.

“Tem lugar que precisa de asfalto, tem lugar que precisa de luz. Tem muito lugar precisando de ajuda e ninguém ajuda. Tanta gente precisando de ajuda e ele fazendo festa?”, questionou uma outra moradora da cidade.

Compartilhe:

Tags: #Famosos #Show
?>