Público reage a grande exposição de temas tabus em novelas

Confira lista de folhetins que levantam discussões desde a década de 70

Novelas que abordaram temas considerados tabus

O público que acompanha as novelas da TV aberta está cada vez mais exigente quanto aos temas abordados nos folhetins.

Com o crescimento do uso das redes sociais para expor opiniões e abrir discussões, os noveleiros se dividiram entre os defensores das histórias e os que não aprovam a abordagem de assuntos polêmicos.

Apesar deste ‘boom’ na comunicação entre telespectadores e autores, vale lembrar que não é de agora que as emissoras estão apostando em temas abertos a discussões.

Confira, em ordem cronológica, algumas produções que abordaram temas considerados tabus desde os anos 70.

Caroline Duarte na pele de Ivan em “A Força do Querer”

Transgêneros: O trabalho de Caroline Duarte em ‘A Força do Querer’ tem causado grande repercussão entre o público. Isso porque a atriz aceitou passar por todas as transformações do processo de transição de um transgênero. A personagem se chamava Ivana e após começar a tomar hormônios e mudar a aparência, adotou como identidade o nome Ivan.

Sheron Menezzes e Jonas Bloch em ‘Novo Mundo’

Escravidão: Atualmente na faixa das 18h da TV Globo, a novela de época ‘Novo Mundo’ abordou a questão da liberdade de escravos, com o casamento entre a liberta Diara (Sheron Menezzes) e o austríaco Wolfgang (Jonas Bloch).

Daphne Bozaski como Benê de ‘Malhação’

Autismo leve: Já na temporada atual da novela teen, Cao Hamburger quis trazer para as telinhas um assunto pouco abordado: o autismo em seu nível leve. A personagem Benê tem mostrado que, apesar da dificuldade de entender ironias, piadas e sarcasmo, consegue conviver com amigas tão diferentes.

Mateus Solano e Thiago Fragoso em ‘Amor à Vida’

Beijo Gay: Os atores Mateus Solano e Thiago Fragoso – que deram vida a Félix e Carneirinho – protagonizaram um beijo gay em “Amor à Vida” (2014) – primeiro demonstração de afeto de um casal homossexual exibida no horário nobre da Globo.

Crédito: Raphael DiasMarjorie Estiano na novela ‘Lado a Lado’

Igualdade: Em ‘Lado a Lado’ (2013), a novela abordou a igualdade de gêneros e o direito ao divórcio. Os dois assuntos foram protagonizados por Marjorie Estiano.

Caio Blat e Isis Valverde em ‘Caminho das Índias’

Amor sem fronteiras: A trama de ‘Caminho das Índias’ (2009) abordou o relacionamento amoroso entre culturas diferentes com Camila (Isis Valverde) e Ravi (Caio Blat). O rapaz era indiano e a moça, brasileira. Além deste, a autora Gloria Perez colocou à prova o amor entre a personagem de Marjorie Estiano e Bruno Gagliasso – que tinha esquizofrenia.

André di Mauro e Letícia Colin em ‘Chamas da Vida’

Pedofilia: O abuso de crianças e adolescentes chocou o público que acompanhava a novela ‘Chamas da Vida’, da Record, em 2008. Na trama, o ator André di Mauro encarnou o fotógrafo Lipe, que sofria de esquizofrenia e assediava adolescentes. O personagem se envolveu com a jovem Vivi, interpretada por Letícia Colin, por quem desenvolvia uma obsessão doentia. Após isso, o rapaz armou uma emboscada para a menina e a violentou.

Roger Gobeth e Samara Felippo em ‘Malhação’

Aids: Na temporada dos anos 2000 de ‘Malhação’, Erica – vivida por Samara Felippo – enfrentou obstáculos para viver com o amor de sua vida, Touro (Roger Gobeth), após descobrir que tinha Aids.

Cena da novela ‘Explode Coração’

Crianças Desaparecidas: Em ‘Explode Coração’ (1995), Glória Perez alertou o público sobre o problema de crianças desaparecidas no Brasil. A comoção foi tanta que várias delas tiveram seus retratos expostos na novela e foram encontradas.

Claudia Abreu e Cassia Kis em ‘Barriga de Aluguel’

Barriga de aluguel: Como o título mesmo abordou, ‘Barriga de Aluguel’ (1991) trouxe à tona a história de duas mulheres que brigaram pela guarda de uma criança. Isso porque a personagem Claudia Abreu gerou o bebê que era de Cássia Kis.

Heloísa Mafalda na primeira versão de ‘Gabriela’

Prostituição: Adaptação do romance do escrito baiano Jorge Amado, “Gabriela”, exibida no ano de 1975, foi a pioneira da televisão a retratar a prostituição e suas condições. Um dos núcleos da história girava em torno do bordel Bataclã, comandado por Maria Machadão, personagem de Eloísa Mafalda. No romance todos os homens da cidade frequentam a casa e, por isso, o ambiente se tornou fundamental para a novela.

Eva Wilma em ‘Ciranda de Pedra’

Adultério: ‘Ciranda de Pedra’, exibida em 1981 em sua primeira versão, mostrou que já estava à frente de seu tempo ao exaltar as consequências negativas de relacionamentos abusivos.  Na trama, que se passava em 1940, a personagem Laura, vivida por Eva Wilma, sofria opressão por parte do marido, Natércio Prado (Adriano Reys). Após cometer adultério, a moça abandonou o casamento infeliz, mas chegou a ser internada como louca pelo então companheiro.

Veja também:

1 / 8
1
03:58
Netflix: ‘Cuba e o cameraman’ registra a história nua e crua de Cuba
"Cuba e o Cameraman", de 2017, disponível na Netflix, é um registro de centenas de horas de gravações feitas por …
2
03:56
Netflix: ‘Capitão Fantástico’ é inspiração para a família toda
Chegou na Netflix o filme “Capitão Fantástico”, que faz sucesso entre adultos e crianças. Você vai se inspirar com a história …
3
05:57
15 memes imperdíveis sobre o governo Bolsonaro
Já ouviu falar em deep fake? A tecnologia usada para colocar o rosto de uma pessoa em outra em um …
4
05:57
Netflix: ‘Olhos que condenam’, quando a justiça não é cega
"Olhos que condenam" é uma minissérie com 4 episódios que conta a história real de um dos maiores e mais …
5
02:59
A origem dos filmes da Disney
No vídeo de hoje, a nossa correspondente Taty Leite, do Canal Vá Ler um Livro, conta sobre como os filmes …
6
01:17
Conheça as obras de Robert Mapplethorpe
O jornalista Gilberto Dimenstein foi ao museu Guggenheim, em Nova Iorque e comenta a carreira do fotógrafo Robert Mapplethorpe, que …
7
03:04
Netflix: comédia argentina fala sobre arte e amizade
O cinema argentino nos brinda com mais um grande filme, disponível agora na Netflix. “Minha obra-prima” é um filme para …
8
08:10
Netflix: 4 documentários imperdíveis para repensar a vida
A Netflix disponibiliza documentários sobre variados temas e então decidimos fazer uma seleção de quatro títulos que convidam o espectador …