Um detalhe fará com que Pétrix não tenha rejeição histórica no BBB20

Que Pétrix será eliminado não há dúvidas, mas o percentual de rejeição não será recorde

Por: Maurício Thomaz

Apenas um detalhe fará com que Pétrix Barbosa (Camarote) não tenha rejeição histórica neste paredão do BBB20: a presença de Hadson (Pipoca). Junto a eles, Pyong Lee (Camarote) e Babu Santana (Camarote) também correm o risco de serem eliminados da casa nesta terça-feira, 4.

Se o paredão fosse apenas entre Pétrix, Pyong e Babu, não tenha dúvidas: essa seria a maior rejeição em uma eliminação na história do Big Brother Brasil.

petrix
Crédito: Reprodução/GloboPlaySó um detalhe fará com que Pétrix não saia com rejeição histórica do BBB20

Isso porque Pyong e Babu são personagens bem neutros dentro da casa, ainda não tiveram momentos de protagonistas na competição, e não despertam grandes sentimentos do público aqui fora. Chegam até a ser queridos.

Pétrix, em compensação, já protagonizou diversas situações – e todas negativas. Acusado três vezes pelas redes sociais de ter assediado as mulheres da casa, e ainda criticado por sua postura em praticamente ter atropelado Pyong para atender o Big Fone.

O ginasta tem que agradecer todos os dias depois que for eliminado por terem colocado Hadson neste paredão. Senão, a vergonha seria grande.

Maiores rejeições da história do BBB

No ar desde 2002, o BBB é o principal programa de reality show da TV brasileira. A atração já enfrentou vários problemas com a audiência, que despencou nos últimos anos, mas continua sendo um dos principais produtos da TV Globo.

Entre altos e baixos, o que não falta são brothers e sisters amados e odiados pelo público entre as centenas de pessoas que já passaram pela “casa mais vigiada do Brasil”, deixando sua marca, para o bem ou para o mal.

Aline, do BBB5, é a sister com a maior rejeição da casa: 95%. Se não fosse por Hadson, seria muito possível que Pétrix saísse do BBB com rejeição ainda maior.

Relembre aqui os mais rejeitados da história.

Compartilhe:

Por: Maurício Thomaz

Editor Executivo de Redação. Libriano com traços piscianos. Amante da praia e do concreto. Rolês no centro de São Paulo são os meus preferidos. Mas que tal falar de política e de futilidade num boteco com cerveja barata?!