Últimas notícias:

Loading...

YouTube lança ‘Futuro Ex-Porta’, primeiro reality show do Porta dos Fundos

Serão oito episódios para descobrir quem será o novo integrante do maior grupo de humor do Brasil

O YouTube Originals lança nesse sábado, 30, o primeiro reality show do Porta dos Fundos, o “Futuro Ex-Porta”.  A atração faz parte das celebrações do canal que completa 10 anos em 2022. A pessoa escolhida fará parte do grande time de estrelas do humor, como Fábio Porchat, Thati Lopes, Gregório Duvivier, Evelyn Castro, Antônio Tabet, Noemia Oliveira, João Vicente de Castro, Rafael Portugal, entre outros.

YouTube lança 'Futuro Ex-Porta', novo reality show do Porta dos Fundos
Crédito: Bruno Baketa/YouTubeYouTube lança ‘Futuro Ex-Porta’, novo reality show do Porta dos Fundos

Quem vai participar?

Sendo 7 mil inscritos desde quando a triagem começou em 2020, foram selecionados os 10 melhores humoristas para participar da disputa. São eles: Bruna Trindade, Catharina Conte, Dan Biurrum, Julia Guerra, Luiz Titoin, Macla Tenório, Pedro Truszko, Priscila Castello Branco, Rafael Pimenta e Rodrigo Naice.

Participantes do "Futuro Ex-Porta" conhecendo os jurados
Crédito: Bruno Baketa/YouTubeParticipantes do “Futuro Ex-Porta” conhecendo os jurados

Como será o formato?

O reality show terá oito episódios e mostrará todas as etapas da seleção, incluindo as provas, em que os participantes serão desafiados a darem o melhor de si.

Nesse sábado, 30, serão lançados os dois primeiros episódios, sendo que o primeiro mostra o elenco do Porta dos Fundos votando e escolhendo seus candidatos favoritos e o segundo já explora o atores contracenando, dando início a primeira prova do show, que pede para eles recriarem cenas clássicas do grupo humorístico.

Todo sábado, às 11h, um novo episódio será publicado no próprio canal do Porta dos Fundos no YouTube até chegar a grande final. As ex-Portas, Karina Ramil e Júlia Rabello, também aparecem ao longo do programa.

Ainda dentro das participações especiais, no domingo, 31, às 18h, uma esquete especial será lançada no canal de Whindersson Nunes, com intuito de promover o reality para outros públicos.

“O Porta dos Fundos vem, historicamente, revelando diversos talentos do humor nacional. O Futuro Ex-Porta reforça esse nosso papel de palco para humoristas de todo o Brasil”, diz Christian Rôças, CEO do grupo.

Whindersson Nunes faz participação especial no reality
Crédito: Bruno Baketa/YouTubeWhindersson Nunes faz participação especial no reality

O que esperar do reality?

Como o próprio nome já induz, eles estão selecionando o próximo integrante do grupo que, assim como muitos outros, um dia deixará o elenco principal e se tornará “Ex-Porta”. No primeiro episódio, antigos atores do elenco surgem falando como o projeto mudou a vida deles. Marcos Veras e Marcus Majella são uns dos exemplos de sucesso que aparecem relembrando o início da carreira.

“Da mesma forma que os candidatos não sabiam de nada, a gente foi inventando coisas, fomos fazendo pegadinhas. Tem momentos que os candidatos sofrem muito e a gente está sacaneado eles”, revela Fábio Porchat.

“Eu acho que o reality é engraçado, é quase um revival (ressurgência) de 10 anos do Porta dos Fundos, pra matar saudades de pessoas como Julia Rabello, o [Marcos] Veras”, disse o apresentador do “Que História é essa Porchat?”.

Porchat ainda fala que tudo é uma surpresa, apesar das explicações que são dadas para o público. “É uma surpresa também para o público as provas, com os resultados, as eliminações, porque não foram consenso, até a final não foi consenso”, conta.

“Foi uma dura batalha, todo mundo meio nervoso, como que vai ser. Então, se foi uma surpresa pra gente que organizou, eu tenho certeza que para o público vai ser bem maluco”, adianta o ator.

Elenco principal do Porta dos Fundos durante a seleção dos candidatos do "Futuro Ex-Porta"
Crédito: Bruno Baketa/YouTubeElenco principal do Porta dos Fundos durante a seleção dos candidatos do “Futuro Ex-Porta”

Os novos talentos

Não tem jeito, entre uma década e outra, muitas coisas mudam, inclusive as pessoas, que por naturalidade da vida, vão ficando mais experientes em seus trabalhos e decidem se arriscar em outras aventuras. Ciclos acabam e outros se iniciam. Isso, logicamente, também acontece com o Porta dos Fundos. Não é atoa que eles criaram o reality.

“A gente queria pessoas do Brasil todo, gente que representasse mesmo, que saísse desse eixo Rio-SP, a gente estava com esse olhar de abranger o Brasil, justamente para ter outras caras, outros sotaques”, evidencia Fabio Porchat.

Critério de eliminação

Podem ser vários os motivos para alguém ser eliminado em um reality show, mas no “Futuro Ex-Porta”, o critério principal segue na linha de como o candidato ou candidata conseguiu entregar nas provas, mas não será levado em conta apenas essa característica.

“A eliminação era a parte mais difícil, mas um dilema surgiu: ‘se leva em conta a personalidade?’. Na primeira fase que eram só vídeos, a gente não levava em conta porque a gente nem tinha acesso à personalidade. Depois, é claro que a gente é contaminado pelo carisma da pessoa. Na verdade, a personalidade do comediante tem muito a ver com o trabalho dele, as coisas se misturam, não dá pra não levar em conta o astral da pessoa”, fala Gregório Duvivier.

Para o comediante, vencia os desafios a pessoa que não se limitava em apenas ser engraçada, mas aquela que fazia melhor a cena.

“Em outros concursos de humor, as pessoas são muito avaliadas individualmente e não é isso que a gente faz no Porta, a gente só trabalha em conjunto. O que a gente mais queria avaliar é como a pessoa serve a uma cena, no Porta a gente tem que servir a graça”, enfatiza o apresentador do “Greg News”.

Durante a coletiva, o elenco também falou que a forma de eliminação precisou mudar porque eles não esperavam que as emoções dos candidatos aflorassem após terem conhecimento que estão fora da competição.

“A gente teve a ideia de eliminar a pessoa sempre de uma forma divertida. Na primeira eliminação, [fiz algo] alá Pedro Bial, falando ‘lé com cré’ do BBB e a gente estava meio rindo com isso. Quando eu eliminei, a pessoa chorou, e a gente percebeu que não podia brincar com isso”.

"Futuro Ex-Porta", o primeiro reality show do Porta dos Fundos em parceria com o YouTube
Crédito: Bruno Baketa/YouTube“Futuro Ex-Porta”, o primeiro reality show do Porta dos Fundos em parceria com o YouTube

As portas que são abertas

Algo que não se pode negar, até para as pessoas que não acompanham o trabalho do Porta, é que o canal é uma grande vitrine para futuros trabalhos. Eles já exportaram talentos que estão na Globo e que também chegaram nas principais plataformas de streaming, como a Netflix e a Amazon Prime Video.

“É muito legal ver gente querendo entrar na Portas do Fundos para a vida mudar. Essa sensação que eles têm. Depois que gente se deu conta disso. É que a vida dessas pessoas, se elas ganharem o reality, pode mudar, ser parte desse grupo que tá a tanto tempo tão sólido”, fala Porchat.

Um dos melhores exemplos disso é da humorista Noemia Oliveira, que viu sua vida se transformar depois de integrar ao elenco principal.

“Bom, eu já me eu já me emociono! O Porta dos Fundos pra mim era algo muito distante, né? Como que é fazer parte de um canal que é um sucesso… eu lembro que depois que eu entrei no Porta dos Fundos, as portas se abriram pra mim, muitas oportunidades vieram”, relata a atriz.

“Posso dizer com tranquilidade, que de fato, mudou a minha vida. Vários trabalhos que faço hoje e não preciso fazer teste porque sou do Porta. Sim, a minha experiência é uma pouco similar a essa dos participantes que fizeram parte do reality porque experimentei isso, uma vida antes e depois do Porta”, exemplifica a comediante.

Assista ao trailer oficial

Compartilhe: