Em vídeo visto por mais de seis milhões de pessoas, uma indiana expõe o rosto e questiona um homem acusado de abusar dela em um voo da companhia indiana IndiGo. A informação foi confirmada pela companhia aérea, que declarou que estava cooperando com as investigações policiais. Veja abaixo:

Na gravação, a indiana questiona o homem. “Por que sou uma garota você tem o direito de me tocar a qualquer momento, em qualquer lugar que você queira?”, diz. O abuso aconteceu no dia 27 de janeiro de 2014, num voo de Mumbai para Bhubaneswar, cidades na Índia. O vídeo condenando o ataque foi divulgado na internet em janeiro deste ano.

Foto: Reprodução Youtube

Créditos: Foto: Reprodução Youtube

“Tive certeza de que estava o humilhando tanto quanto fosse possível, já que eu sei que a lei não fará nada”, disse a indiana

Na descrição do vídeo, publicado pelo usuário Shreyas Rao, a vítima explica o motivo de ter compartilhado o acontecido. “Esse homem no assento atrás do meu colocou seus dedos no espaço do meu assento para me tocar! Por algum tempo, eu fiquei muito chocada para reagir. Mas então o voo entrou em modo de pouso e no momento que tocou o chão, levantei. Vi que sua mão estava novamente no espaço, pronta para me tocar a qualquer oportunidade! Eu criei uma enorme cena e o humilhei na frente de todos. Ele pensou, como de costume, que garotas ficariam quietas e ele poderia escapar sem punição", explicou.

Em um segundo vídeo, o homem foi filmado pedindo desculpas pelo "grande erro" e dizendo que já havia sido punido com tanta exposição. A indiana não o perdoou. “Você decidiu a ação, eu decido a reação”, concluiu a mulher.

Via Revista Fórum