Texto: Sophia Portes

Uma pesquisa feita por três cientistas norte-americanos revelou que entre as atividades de interagir com humanos, se alimentar ou brincar, metade dos gatos estudados preferiram a interação com pessoas, sendo eles de abrigos ou com tutores.

“A gente acha que não, mas os gatos gostam muito da companhia de pessoas, especialmente dos tutores. Sentem-se acolhidos, cuidados e seguros”, afirmou a médica veterinária Luciana Deschamps, da clínica Sr. Gato, ao jornal Metro.

A veterinária explica que a forma de socialização de cães e gatos é bem distinta. O cão sai quase todos os dias para passear, tendo contato com outros cães e pessoas. Já o gato não precisa e nem quer isso, pois para ele, o tutor e a casa bastam para mantê-lo feliz, mesmo que conviva com outros de sua espécie.

Confira o final dessa história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Imagem Autor

O maior portal de notícias sobre animais do Mundo.

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.