Créditos:

Realizado desde 2007, o sarau Elo da Corrente fomenta a produção cultural entre os moradores de Pirituba.

Manifestações artísticas, políticas e sociais ganham destaque na Unifesp durante a “I Semana de Resistência Cultural”, que acontece de 31 outubro a 4 de novembro, no campus da universidade em Guarulhos. O evento tem como objetivo transpor a distância entre a produção que resiste às influências da dominante cultura de massa, padronizadas pelos meios midiáticos.

Cada vez mais presente e representada nas periferias, a cultura de resistência pode ser considerada de grande importância para a formação dos indivíduos, assumindo importante papel na produção da identidade e essencial para a constituição do ser social, enquanto cidadão político e ativo. Na busca por esta transformação, a Semana de Resistência reúne saraus literários, música, teatro, dança, palestras e debates sobre a produção artística realizada nos becos e fundões da cidade.

Confira alguns destaques da programação:

Resistência de Gênero

16h:00 - Mesa de abertura: O saber marginal x O saber acadêmico

Convidados:

Allan da Rosa - poeta, educador e capoeirista.

Sala 08 - Unidade I

18h:00 - Mini-curso (gênero) - Mulheres Negras no Brasil

Odum Produções com participação de Tiely Queen - Rapper, cineasta, atriz e educadora. Coordenadora do projeto Hip Hop Mulher.

Sala 08 - Unidade I

18h:30 - CIA Sansacroma (Apresentação) - Sala de dança CEU

19h:30 - As Capulanas (Apresentação) - Espaço do C.A.

Veja todas as atrações no site da Semana de Resistência Cultural

 

I Semana de Resistência Cultural