Cerca de 0,4% da população brasileira possui o vírus HIV, causador da Aids. Isoladamente, o percentual pode parecer pequeno, mas representa um total de 830 mil pessoas. E desse número, estima-se que 115 mil pessoas ainda não foram diagnosticadas, de acordo com o Ministério da Saúde.

Para dar visibilidade ao tema e incentivar discussões e atenção à causa, o Delboni Medicina Diagnóstica lança no Dezembro Vermelho, dedicado ao combate à Aids, a ação conscientizadora #04porcento, que doará mil testes de carga viral e CD4 para algumas ONGs, como o Projeto Bem-Me-Quer, em São Paulo.

Em nove anos, casos triplicaram: sobretudo entre os jovens 

É principalmente entre os jovens que a doença vem aumentando. Os dados do Ministério da Saúde mostram que, de 2006 a 2015, a taxa de detecção de casos de AIDS entre jovens do sexo masculino com 15 a 19 anos quase que triplicou, de 2,4 para 6,9 a cada 100 mil habitantes. Entre os jovens de 20 a 24 anos, a taxa mais do que dobrou - de 15,9 para 33,1 casos por 100 mil habitantes. Persistem entre os jovens o uso insuficiente do preservativo, a percepção do baixo risco de infecção e a pouca realização de teste de HIV.

“Com a chegada de tratamentos eficazes e garantia de boa qualidade de vida das pessoas que têm HIV, parece que a preocupação diminuiu e entre os jovens, além de não terem vivido a pior fase da Aids no Brasil, nos anos 80 quando tivemos muitas vítimas. Mas esse pensamento deve ser mudado e não podem esquecer que o sexo seguro é a melhor forma de prevenção”, comenta o infectologista Dr. Jessé Reis.

“Segundo dados da ONU, tivemos um aumento nos casos de Aids em todo mundo e –principalmente – entre jovens no Brasil, o que é muito preocupante. Com essa campanha, esperamos contribuir para a conscientização e assim controlar o índice de contaminação”, finaliza Dr. Jessé Reis.