A nossa mente é extremamente poderosa! Acreditar nisso já é meio caminho andado para realizar muita coisa, inclusive aprender como deixar de ser insegura. Tudo que fizemos, e ainda vamos fazer, acontece primeiro em nossa mente. O problema é que não sabemos que podemos controlar todo esse poder e deixamos a direção dela à deriva. Ao bel-prazer do nosso inconsciente, dos nossos críticos internos. E assim vamos vivendo como se fôssemos um trem desgovernado.

Nosso poder mental pode ser usado tanto para o bem quanto para o mal. Quando deixamos o controle dessa arma nas mãos do nosso crítico interno, não preciso nem dizer qual vai ser o resultado mais provável, né?

Não vou conseguir”, “Não sou suficiente”, “Não sou boa o bastante”. Frases como essas surgem nos nossos pensamentos, e nós nos permitimos acreditar nelas. A partir daí, elas se tornam verdade, porque nos tornamos aquelas pessoas inseguras, que desistem de tudo ou nem chegam a tentar. Nos colocamos em uma posição de inferioridade e nos entregamos ao medo do fracasso, das críticas e da frustração.

Ou seja, a insegurança nos paralisa completamente.

Uma pessoa insegura tende a afastar quem está à sua volta. Como é desconfiada, não se conecta, não tem iniciativa e acaba adotando uma postura muito negativa. Isso dá início a um ciclo vicioso, já que ela se sente rejeitada, fazendo com que ela afaste ainda mais pessoas.

E qual a solução pra isso? Como deixar de ser insegura? Bom, a única arma contra a nossa mente é ela própria! Basta tomarmos as rédeas e mudarmos nosso padrão de pensamentos. A mente pensa, ela acredita e ela faz!

Claro que não é como simplesmente apertar um botão. Uma ferramenta tão complexa quanto o nosso cérebro exige comandos muito mais elaborados e que só são aprendidos com prática e muito treino. Por isso preparei alguns exercícios mentais pra você começar a desenvolver a habilidade de controlar a sua mente, vencer esse fantasma da insegurança e se tornar uma pessoa muito mais confiante, realizadora e feliz!

Como deixar de ser insegura praticando 5 exercícios mentais

Créditos: Giphy

Katy Perry

1. Ponha tudo no papel

Escrever nos ajuda muito a organizar nossos pensamentos e visualizar melhor as coisas. Portanto, fazer listas e lê-las dá uma concretude fantástica para aquilo que queremos reforçar ou refletir sobre.

Faça uma lista com todas as suas crenças que te geram insegurança, como: “nunca serei nada na vida”, “nunca termino o que começo”, “nada do que faço é bom o suficiente” etc. Depois, busque fatos que contradigam essas crenças. Desconstrua cada frase negativa. Quantas coisas você já terminou? Quantas coisas boas você já fez?

Se for preciso, pergunte para pessoas próximas e queridas que reconheçam as suas qualidades.

E este é o próximo passo! Faça outra lista com todas as suas qualidades. Não tenha medo de parecer arrogante, só você vai ler. Escreva todas as suas características positivas, as habilidades e os talentos em uma folha e busque outra para todas as suas conquistas e vitórias. Coloque desde as menores conquistas, como aprender a andar de bicicleta, até as maiores, como a conquista de um emprego.

Cole essas 3 listas em algum lugar que você veja sempre e leia-as várias vezes por dia.

Créditos: Giphy

Escreva

2. Acostume-se a buscar soluções para tudo

Veja mais exercícios aqui: Como deixar de ser insegura praticando 5 exercícios mentais

  • Leia também:

8 motivos que te farão perder o medo de viajar sozinho

Imagem Autor

O Superela é uma plataforma comprometida em aumentar a autoestima das mulheres. Nós empoderamos elas através de conteúdo sobre amor, sexo, vida beleza e estilo, e uma comunidade de suporte emocional para elas, altamente engajada e do bem. <3

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.