A discalculia é um distúrbio de aprendizagem comum que afeta a habilidade das crianças de fazer cálculos matemáticos.

Alunos discalcúlicos podem experimentar dificuldades para entender conceitos numéricos, carecem de compreensão intuitiva dos números e têm problemas para aprender operações matemáticas,

Entre 3% a 6% da população mundial sofrem com o transtorno mental, que pode ser hereditário ou se desenvolver quando o bebê ainda está no útero da mãe.

Créditos: peshkov/iStock

Entre 3% a 6% da população mundial sofrem de desordem mental que afeta habilidade de adquirir destrezas

Há vários sinais de alerta para detectar essa condição, seja em crianças em idade pré-escolar seja naquelas que terminam a escola.

Selo Facilite

Em linhas gerais, os indicadores mais comuns de discalculia são:

* Fazer contas com a ajuda dos dedos em idade mais avançada do que o normal

* Ter dificuldades para fazer estimativas aproximadas

O psicopedagogo é o profissional indicado no tratamento da discalculia, que é feito em parceria com a escola onde a criança estuda. Geralmente os professores desenvolvem atividades específicas com esse aluno, sem isolá-lo do restante da turma.

Com informações da BBC e do Brasil Escola

Sinusite, conheça sintomas, tratamentos e causas