A oxitocina é um hormônio produzido no hipotálamo. Conhecido como o ‘hormônio do amor’, costuma ser liberado quando o indivíduo está perto de seus parceiros. As informações são da Dr. Clarissa Maneiro, especialista do site ‘Vivo mais Saudável’.

O hormônio, presente tanto em mulheres quanto em homens, ajuda o ser humano a ter mais libido, um prazer maior durante a relação sexual e orgasmos intensos. Além disso, a oxitocina aumenta a lubrificação vaginal e a sensibilidade do pênis.

No organismo, a oxitocina causa vasodilatação, prevenindo isquemia, reduzindo a pressão arterial e deixando a pele mais viçosa. Impede também a perda de massa muscular.

Já para o cérebro, uma pesquisa publicada pela University of Concordia, no Canadá, constatou que pacientes diagnosticados com autismo e esquizofrenia foram capazes de perceber melhor as emoções e expressões faciais das outras pessoas após fazerem o uso de ocitocina intranasal .

Leia a matéria completa.