Créditos: divulgação/CDC

Esta foto mostra o verme Thelazia, comumente encontrado em bovinos

Uma mulher de 26 anos se tornou o primeiro caso relatado do mundo com infestação de vermes Thelazia no olho.  Segundo os cientistas, essa espécie –comumente encontrada em animais – nunca tinha infectado pessoas antes.

A norte-americana Abby Beckley conta que retirou o primeiro verme translúcido com cerca de 1cm de comprimento depois de passar semanas com incômodo e inflamação no olho. Posteriormente, no consultório, outros 13 parasitas de Thelazia foram retirados.

Créditos: divulgação/CDC

Uma imagem divulgada pelo CDC mostra o olho infectado

"Os médicos não foram capazes de removê-los todos de uma só vez. Eles tiveram que removê-los conforme iam crescendo e se tornando visíveis", disse o pesquisador do laboratório de diagnóstico Richard Bradbury.

A jovem precisou passar por exames e lavagens constantes nos olhos, enquanto o material era analisado em laboratório. A maior preocupação dela durante esse processo era pensar o que os vermes poderiam fazer ao restante do corpo, já que estavam tão próximos do cérebro. Mas de acordo o médico, não havia risco, pois as larvas permaneceriam somente na superfície do olho.

Nos animais, as larvas dessa espécie podem viver e se reproduzir por até 30 meses, levando a problemas de visão ou mesmo à cegueira, mas no caso da jovem, a visão não foi prejudicada.

O caso, que aconteceu em Oregon (EUA) em agosto de 2016, só foi divulgado agora em um relatório do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Veja também:

Espinhas e cistos que bombam nas redes sociais