Governo da Argentina é informado de uma quarta nuvem de gafanhotos

Um produtor pequeno do país fez as imagens e anunciou às autoridades

Por: Redação

Na última sexta-feira, 31, um pequeno produtor da Argentina informou o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa, na sigla em espanhol), um órgão regulador do governo argentino, a respeito de uma nova nuvem de gafanhotos na cidade de Salta. De acordo com as autoridades do país hermano, esta já seria a quarta nuvem de gafanhotos da região.

Ao G1, o engenheiro agrônomo e chefe do Programa Nacional de Gafanhotos do Senasa, Hector Emilio Medina, afirmou que o Senada ainda não identificou esta quarta nuvem. “Mas eles nos enviaram um vídeo. Oficialmente já anunciamos que existem quatro [nuvens de gafanhotos]”, adiantou o engenheiro.

O governo da Argentina ainda não tem informações sobre o tamanho dessa quarta nuvem de gafanhotos. Uma equipe do Senasa deve ir até o local para verificar a presença das pragas.

nuvem gafanhotos argentina
Crédito: Divulgação/SenasaGoverno da Argentina é informado sobre uma quarta nuvem de gafanhotos

Nas redes sociais, o Senasa compartilhou as informações desta quarta nuvem, e postou novas imagens, feitas pelo produtos local.

Como combater a nuvem?

As nuvens de gafanhotos têm causado grande preocupação nos países sul-americanos desde junho, incluindo o Brasil. O país já chegou a declarar estado de emergência no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina devido à ameaça dos insetos.

Para combater as nuvens anteriores, as autoridades argentinas contaram com a sorte da temperatura ter se elevado em pleno inverno. Devido à temperatura, e ao trabalho feito com aviões e defensivos por parte dos argentinos, as outras aglomerações de insetos foram contidas.

Compartilhe: