Namorada do ator de Chiquititas escreve carta aberta

Isabela Tibcherani publicou fotos e lamentou a tragédia por meio das redes sociais

Por: Redação | Comunicar erro

Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Miguel, publicou uma homenagem ao ator, que foi assassinado na casa dela, no bairro Pedreira, na zona sul de São Paulo (SP), no último domingo, 9, por meio de seu perfil no Facebook.

“Só queríamos ser livres pra amar, sem medida. Queríamos explorar o mundo e explorar a vida. Crescer, lado a lado, como um só”, disse ela.

Caso Rafael Miguel: saiba tudo o que se sabe até agora sobre o crime

Crédito: Reprodução/InstagramRafael Miguel, ex-Chiquititas, tinha 22 anos e foi executado pelo pai da namorada, Isabela

Em outra postagem, a jovem lembrou do encontro com Rafael um dia antes do crime. “Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois. Lembra, minha vida, que a gente casou de brincadeira? Trocamos nossas alianças pra mão esquerda e dissemos ‘Pronto! Casamos!'”, completou.

Isabela ainda demonstrou estar consternada com a tragédia: “Tá muito difícil de assimilar, mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo, que me apresentou o amor de verdade, que me salvou e acreditou em mim, quando muitas vezes eu pensei em desistir. Você foi meu pilar, minha força, mesmo enfrentando seus próprios problemas, mesmo vivendo uma luta constante. Lutamos juntos, até o final”.

Rafael Miguel foi executado junto com seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, na casa da namorada dele, de 18 anos, por volta das 13h55 de ontem.

De acordo com o boletim de ocorrência, o pai de Isabela, Paulo Cupertino Matias, foi o autor dos disparos.

“Rafael, acompanhado, de seus pais foi até a casa de sua namorada de 18 anos conversar com o pai dela sobre o namoro. Eles foram recebidos pela jovem e sua mãe. O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, chegou ao local armado e atirou nas três vítimas que estavam no portão da casa. As vítimas morreram do local”, dizia nota.

Paulo Cupertino Matias está foragido. O caso foi registrado como homicídio consumado e está sendo investigado pelo 98º Distrito Policial.

E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E…

Publicado por Isabela Tibcherani em Domingo, 9 de junho de 2019