Publicidade

Informar

Site revela que DJ Avicii cometeu suicídio

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade
Crédito: Lu&AndreAvicii morreu no último dia 20 de abril

Tim Berling, conhecido mundialmente como DJ e produtor musicial Avicii, de 28 anos, foi encontrado morto dia 20 de maio num resort de Mascate, capital de Omã, no Oriente Médio. Duas semanas depois ainda não se sabe a causa da morte oficial, até ser publicada uma nota no site TMZ.

Segundo o portal especializado em entretenimento TMZ publicou nesta terça-feira (1),  o sueco suicidou-se. O site cita várias fontes ligadas ao músico que disseram que ele se provavelmente utilizou um pedaço de vidro afiado, de uma garrafa de vinho e fez diversos cortes nos punhos e no pescoço.

Em fotos que circularam pelas redes sociais, o sueco apareceu bronzeado e feliz no mesmo local onde apareceria morto dias depois. Apesar da boa aparência nas fotos, o DJ sofria diversos problemas de saúde relacionados com consumo excessivo de álcool. Seus amigos temiam que isso o levasse à morte.

A família de Avicii divulgou um comunicado em que indicava que ele havia atentado contra a própria vida: “He really struggled with thoughts about Meaning, Life, Happiness. He could not go on any longer. He wanted to find peace“. (Ele realmente lutou com pensamentos sobre o Sentido, a Vida, a Felicidade. Ele não poderia continuar por mais tempo. Ele queria encontrar a paz).

Mundialmente conhecido, Avicii assinou a música oficial da Copa do Mundo de Futebol em 2014, aqui no Brasil. “Dar um Jeito” We Will Find a Way contou também com a participação de Alexandre Pires, Carlos Santana e Wyclef Jean. Sua carreira de sucesso conta com participações em músicas como A Sky Full of Stars com Coldplay, Sunshine com David Guetta, entre outros artistas. O DJ sueco tem vídeo como Wake Me Up com mais de 1,5 milhões de visualizações no YouTube:

Leia também:

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade