Cidade inteligente prevê o fim dos congestionamentos

Montadora Audi utiliza recursos desenvolvidos em conjunto com instituto de tecnologia para idealizar cenário futurista

Por: Redação

No futuro, todos vão dirigir os carros de uma montadora alemã. Não, não se trata disso, na verdade, embora o projeto futurista em questão seja encampado pela Audi. A empresa convocou seus projetistas para, em conjunto com engenheiros de tráfego do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe, desenvolver um modelo de cidade inteligente a ser aplicado em Ingolstadt, onde fica a sua sede.

O projeto Audi 25th Hour (vigésima quinta hora) prevê o desaparecimento dos congestionamentos. Isso seria possível com o uso de carros autônomos, cujos computadores se encarregam de controlar a velocidade e a distância mantida de outros veículos para evitar engarrafamentos.

Na cidade inteligente, os carros são autônomos
Crédito: Reprodução/Audi AGNa cidade inteligente, os carros são autônomos

Em paralelo, haveria um gerenciamento inteligente do controle do fluxo dos autos nos cruzamentos. Outra proposta do 25th Hour trata de aumentar a taxa de ocupação por carro com o uso de veículos compartilhados.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

O compartilhamento de veículos é uma das propostas da cidade inteligente
Crédito: Reprodução/Audi AGO compartilhamento de veículos é uma das propostas da cidade inteligente

No projeto, obviamente estão incluídas aplicações de várias tecnologias desenvolvidas pela marca alemã, como o modelo-conceito autônomo Audi Aicon, o serviço Audi On Demand – serviço de locação de autos da montadora – e o Pop.Up Next, veículo elétrico voador conceitual criado em parceria com a Airbus.

Leia também: Carro voador escolhe se vai por terra ou ar

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.