Americanos dão aula de implantação de modelos de escola verde

Instituições de ensino adotam painéis de energia solar e ônibus elétricos para o transporte dos alunos

Por: Redação Comunicar erro

O conhecimento está na voz dos professores em sala de aula. Mas, dependendo da tecnologia utilizada na construção dos espaços que recebem os alunos e dos veículos que os levam para o colégio, a própria estrutura física escolar constitui um grande ensinamento para uma vida ambientalmente mais amigável. Bom exemplo disso são os modelos de escola verde que têm sido adotados nos Estados Unidos.

Os modelos de escola verde nos EUA usam energia solar e ônibus elétricos
Crédito: Shutterstock/Maya KruchankovaOs modelos de escola verde nos EUA usam energia solar e ônibus elétricos

A ensolarada Califórnia é um dos redutos desses estabelecimentos. E o clima desse Estado americano tem tudo a ver com uma das medidas sustentáveis implantadas nas instituições de ensino dos EUA. Falamos da energia solar.

Das cerca de 5.500 escolas do país dos ensinos fundamental e médio – 5% do total – que instalaram painéis solares em seus telhados, 2.000 ficam na Califórnia. Os dados são da Solar Energy Industries Association, a associação americana das indústrias de energia solar.

Curiosamente, há ocasiões em que a iniciativa parte dos próprios estudantes. Assim aconteceu no distrito escolar de Tri-Creek, em Lowell, Indiana. Lá, foi um grupo de alunos da oitava série que pediu aos gestores do complexo educacional que aderissem a fontes de energia limpa.

Dessa maneira, 120 painéis solares foram instalados nas cinco escolas administradas pelo distrito. Essa implantação significou uma economia de US$ 140 mil (R$ 524 mil) nas contas de energia do complexo. Além disso, tornou-se importante fonte de aprendizado. Os 3.300 alunos do Tri-Creek monitoram o desempenho dos painéis e analisam as características de seu funcionamento.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Nos EUA, 150 ônibus elétricos escolares passaram a rodar na Califórnia, Illinois e Vermont
Crédito: Monkey Business ImagesNos EUA, 150 ônibus elétricos escolares passaram a rodar na Califórnia, Illinois e Vermont

Enquanto isso, outros distritos escolares americanos apostam na substituição de ônibus a diesel pelos elétricos no transporte dos estudantes. Essa prática tem sido realizada em Estados como os de Illinois, Vermont e da própria Califórnia. Nesta, 150 ônibus elétricos escolares passaram a rodar por um programa legalmente implementado na região.

Tanto painéis como ônibus requerem investimento, com a perspectiva de economia com gastos de energia. Os ônibus, porém, ainda são de duas a três vezes mais caros que os convencionais.

Contudo, espera-se que essa diferença de preço caia com o tempo, e que, até 2030, mais de 80% do mercado desse tipo de meio de transporte seja dominado pelos modelos elétricos.

Leia também: Lego lança turbina eólica feita de peças ecológicas

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: