Minicasas móveis viram abrigo para moradores de rua

Ideia é que elas não se tornem um endereço permanente, mas um ponto de partida para que os sem-teto possam recuperar a esperança de melhorar de vida

Por: Redação

Tudo começou há alguns anos, quando o norte-americano Elvis Summers resolveu adaptar um pequeno trailler para uma mulher de 61 anos que não tinha onde morar e que sempre passava em sua casa para procurar material reciclável. A partir daí, surgiu o projeto Mythpla – My Tiny House Project LA (Projeto Minha Pequena Casa em Los Angeles, em tradução livre), que tem como objetivo dar um abrigo para moradores de rua da cidade.

Como são construídas sobre rodas, as minicasas são móveis. Medem 1,8 metro por 2,4 metros e têm 2,1 metros de altura. São equipadas com banheiro seco e painéis solares, que geram energia suficiente para acender duas lâmpadas e carregar o celular, e possuem detectores de fumaça. O projeto já construiu e entregou 40 casas.

Casinhas sobre rodas vêm equipadas banheiro seco e servem de abrigo para moradores de rua dormirem com conforto
Crédito: Reprodução/Facebook @mythplaCasinhas sobre rodas vêm equipadas banheiro seco e servem de abrigo para moradores de rua dormirem com conforto

A ideia é que esses abrigos para moradores de rua não se tornem um endereço permanente, mas um ponto de partida para que os sem-teto possam recuperar a esperança e o ânimo para tentar melhorar de vida. Tendo uma moradia razoavelmente confortável, eles podem, por exemplo, concentrar-se em procurar um emprego.

Summers em ação: já foram construídas 40 minicasas
Crédito:  Reprodução/Facebook @mythplaSummers em ação: já foram construídas 40 minicasas
Colocação de janelas nas minicasas que servem de abrigo para moradores de rua
Crédito: Reprodução/Facebook @mythplaColocação de janelas nas minicasas

Moradores de rua podem deixar seu nome e e-mail no site do projeto para se candidatar a receber uma minicasa. Segundo o projeto, há mais de 114 mil sem-teto em Los Angeles.

Mais recentemente, o projeto reuniu crianças do quarto e do quinto anos do ensino fundamental de uma escola local para construir uma casa de dimensões um pouco maiores para um veterano de guerra. O trabalho depende de doações e, conforme os recursos vão chegando, a obra vai ficando pronta. Há uma campanha de crowdfunding, também.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis

As casas trazem esperança de um recomeço para os sem-teto
Crédito: Reprodução/Facebook @mythplaAs casas trazem esperança de um recomeço para os sem-teto

Comunidade serve de base e abrigo para moradores de rua

O Mythpla é um projeto da entidade filantrópica Starting Human, de Summers, que atua também em outras frentes complementares, como a construção de chuveiros móveis. São realizadas ainda doações de água e produtos de higiene pessoal.

Um dos desafios da organização é encontrar um local onde as minicasas possam ser colocadas, sem que haja problemas com o poder público ou proprietários de terrenos.

Foi até elaborado um plano para formar pequenas comunidades com elas. Nelas, haveriam cozinhas e banheiros comunitários, além de hortas que, além de prover alimentos, poderiam ser usadas para ensinar uma nova profissão aos moradores de rua.

No plano, estão previstos também treinamentos e capacitações para que os sem-teto possam procurar empregos e, assim, ganhar novas oportunidades para poderem sair em definitivo das ruas.

Leia também: Campanha do agasalho é feita porta a porta com caixa ambulante

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.