Relógio de material reciclado tem pulseira de câmara de pneu

Modelos são produzidos sob encomenda por designer do Rio e são compostos também por madeira de demolição, latas de alumínio e sobras de jeans

Por: Redação Comunicar erro

Está mais do que na hora de prestarmos atenção às possibilidades de produzir e ajudar o ambiente ao mesmo tempo.

O designer industrial carioca João Victor Azevedo entendeu essa necessidade ao pé da letra. Afinal, ele fabrica modelos de relógio de material reciclado.

Na época em que o Rio estava em obras por conta das Olimpíadas de 2016, João observava as caçambas cheias de descartes pelas ruas.

E pensava em como todo aquele material poderia ser aproveitado de alguma forma.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis

Sobras de jeans também são reaproveitadas
Crédito: Reprodução/Maré RelógiosSobras de jeans também são reaproveitadas

A duração de uma partida de futebol: 90 minutos. É o tempo que o designer leva para fazer um de seus modelos de relógio de material reciclado.

São produzidos sob encomenda – cerca de 40 por mês – em uma sala de 35 m² dentro da PUC-RJ, onde João dá aula.

E reutilizam materiais como madeira de demolição, câmaras de pneu, tecidos de lona, sobras de jeans e latas de alumínio.

Os mostradores são feitos pela aplicação de tinta orgânica em papel kraft.

Relógio de material reciclado em produção
Crédito: Reprodução/Maré RelógiosRelógio de material reciclado em produção

A marca do designer industrial, Maré Relógios, trabalha em parceria com fornecedores especializados no reaproveitamento de materiais.

Os modelos de relógio de material reciclado podem ser adquiridos pela internet ou em alguns pontos de venda em São Paulo, Fernando de Noronha, Inhotim e no Rio.

O relógio de material reciclado pode ser feito de latinhas de alumínio
Crédito: Reprodução/Maré RelógiosO relógio de material reciclado pode ser feito de latinhas de alumínio

Leia também: Designer cria embalagem biodegradável para esportistas

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: