Edital convoca soluções inovadoras para o algodão orgânico

Entreter

Tratamento acústico sustentável é feito com cascas de cânhamo

Estúdio russo de design utiliza matéria-prima que em geral é resíduo descartado para compor peças biodegradáveis

Por: Redação

O conforto sonoro e o térmico são prerrogativas de uma moradia saudável. Assim, um estúdio de design russo encontrou uma maneira ambientalmente muito amigável de fazer o tratamento acústico da casa, tornando-a um refúgio à prova de temperaturas e sons extremos.

Seus profissionais projetaram painéis ecológicos feitos de cascas de sementes de cânhamo, um material geralmente descartado como resíduo.

Painéis de tratamento acústico feitos de cascas de sementes de cânhamo
Crédito: Reprodução/aottastudioPainéis de tratamento acústico feitos de cascas de sementes de cânhamo

As cascas das sementes desse arbusto típico da Ásia são unidas com o uso de aglutinante biodegradável, tornando todo o conjunto sustentável.

Esses painéis acústicos do Aotta studio funcionam como membranas porosas naturais que, além de absorver o som, regulam a umidade e a temperatura dos ambientes em que se localizam.

Os painéis de tratamento acústico também proporcionam conforto térmico
Crédito: Reprodução/aottastudioOs painéis de tratamento acústico também proporcionam conforto térmico

Além disso, os painéis de tratamento acústico mantêm em sua textura as formas da matéria-prima original, conferindo às peças um efeito visual bem peculiar.

Entre as suas características, também são não inflamáveis e contam com propriedades antifúngicas.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

As cascas de sementes de cânhamo em geral são descartadas como resíduo, o que torna baixo o custo de produção desses painéis de tratamento acústico
Crédito: Reprodução/aottastudioAs cascas de sementes de cânhamo em geral são descartadas como resíduo, o que torna baixo o custo de produção desses painéis de tratamento acústico

Leia também: Esponjas de limpeza usada viram matéria-prima para balde e vaso

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.