App redireciona para ONGs sobras de comida em perfeitas condições

Por: Redação |

O aplicativo Goodr já redirecionou mais de R$ 4 milhões em sobras de comida que iriam para o lixo e acabaram sendo distribuídas a associações de combate à fome de Atlanta, nos Estados Unidos.

Nos Estados Unidos, app redireciona sobras de comida em perfeitas condições para quem precisa

O Goodr foi lançado em janeiro de 2017 por Jasmine Crowe, de acordo com informações do site Fast Company reproduzidas pelo site Razões para Acreditar. O app redireciona sobras de comida em perfeitas condições para o consumo humano, vindas de restaurantes, para organizações.

A idealizadora da ferramenta costumava oferecer jantares para moradores em situação de rua e ficou famosa após um vídeo sobre seu trabalho viralizar, há dois anos. As pessoas queriam saber de quais restaurantes vinha a comida doada, mas era Crowe que cozinhava tudo com o dinheiro do próprio bolso, sem ajuda externa.

Segundo ela, muitos estabelecimentos não sabem como reaproveitar as sobras ou não buscam conhecer entidades que ficariam felizes em doar esses alimentos para quem precisa. “A fome não é uma questão de escassez. Há comida suficiente. É realmente uma questão de logística”, disse.

Nos Estados Unidos, app leva sobras de comida em boas condições a quem precisa

Além das sobras em restaurantes, outra motivação para a criação do serviço foi a falta de condições de muitos necessitados em ir até os serviços de refeições gratuitas ou aos bancos de alimentos. O Goodr resolve essa questão –quando necessário, as empresas fornecem embalagens e transportam os itens doados. Quem é beneficiado também pode compartilhar depoimentos.

A ferramenta cobra das empresas uma taxa mensal que varia conforme a quantidade de alimento — entre US$ 2.500 (cerca de R$ 9.300) e US$ 15 mil (aproximadamente R$ 56 mil). Crowe calcula que, para cada dólar investido, a companhia poupa US$ 14 (mais de R$ 52) com despesas e deduções de impostos.

Leia a reportagem completa no Razões para Acreditar

Compartilhe: