CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Brasileira idealiza selo para restaurantes de todo tipo

Por: Redação

A consultora e mentora de gastronomia Ana Rita Barros Cohen é brasileira, mas morou 20 anos em Nova York. Seu contato com outras culturas e sua formação multidisciplinar a levou à criação da certificação CSR (Cozinha Saudável-Responsável), um selo de qualidade que está chegando a sao-paulo" data-gtm-event-label="https://catracalivre.com.br/brasil/?s=%22S%C3%A3o+Paulo%22">São Paulo.

Cohen diz que sua certificação é transdisciplinar e voltada para cozinhas de todos os tamanhos –inclusive, para refeitórios de escolas, hospitais e indústrias. O selo é baseado em cinco pilares: alimento, saúde, ética socioambiental, bem-estar da equipe e arte e cultura.

O selo tem o apoio do ecocert" data-gtm-event-label="https://www.facebook.com/GroupeEcocert/">Ecocert, organismo francês de inspeção e certificação que também ajudou a formatar o projeto brasileiro. “É o único selo de qualidade no Brasil que profere certificado para cozinha com produção de alimentos saudáveis e empresa responsável, com diretrizes relacionadas desde os ingredientes ao tratamento com os colaboradores”, afirma a consultora.

Brasileira idealiza selo de qualidade para restaurantes de todos os tamanhos

Como prerrogativa para a certificação, algumas questões devem ser analisadas: como é feito o cardápio, como e o que os restaurantes compram, se participam de algum movimento de responsabilidade social, se entendem a importância da produção sustentável, como evitam o desperdício, se têm custos extras, como lidam com o meio ambiente e o que fazem para o bem-estar de seus colaboradores.

Dentro do projeto, constam ações como implantação e treinamento sobre compostagem, coleta de óleo em troca de produtos biodegradáveis, implantação de hortas e redução de desperdício. O projeto segunda-sem-carne" data-gtm-event-label="http://www.segundasemcarne.com.br/">Segunda sem Carne também é adotado.

Linha do tempo

A certificação CSR nasceu entre 2008 e 2012, enquanto Cohen cuidava de uma rede de três restaurantes em Florianópolis. A metodologia foi implantada em cozinhas da cidade.

Agora, o projeto está sendo implantado em uma das unidades do restaurante badebec" data-gtm-event-label="http://badebec.com.br/v1/">Badebec. Um treinamento sobre compostagem já foi feito com os funcionários do estabelecimento na Morada da Floresta, no bairro do Rio Pequeno, e o selo deve ser entregue em fevereiro. A ideia é que o modelo ali implementado se multiplique para outras cozinhas.

“Através deste compromisso [certificação], a empresa se compromete a oferecer cada vez mais saúde, conscientização, responsabilidade social e crescimento interno como fundamento para seu funcionamento”, explica a mentora. “Afinal, estamos falando da responsabilidade de uma cozinha profissional que oferece refeição ao público.”

Saiba mais sobre a certificação aqui" data-gtm-event-label="http://www.saudegourmet.com.br">aqui. Na pagina-do-facebook" data-gtm-event-label="https://www.facebook.com/cozinhasaudavelresponsavel/">página do Facebook, também há outras informações.

Compartilhe: