CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Graças a estas luvas, cegos podem ‘ver’ arte pela primeira vez

Por: Redação

A startup neurodigital-technologies" data-gtm-event-label="https://www.neurodigital.es/">NeuroDigital Technologies, da Espanha, colaborou com a National Gallery de Praga para criar as luvas touching-masterpieces" data-gtm-event-label="https://touchingmasterpieces.com/">Touching Masterpieces (do inglês, Obras-primas Tocantes), dando às pessoas que são deficientes-visuais" data-gtm-event-label="https://catracalivre.com.br/brasil/tag/deficientes-visuais/">deficientes visuais uma experiência de realidade virtual onde podem “ver” a arte por meio do toque.

Cegos podem ‘ver’ arte pela primeira vez graças a estas luvas

“Embora a internet forneça audiodescrição, apenas algumas obras-primas icônicas são apresentadas de tal maneira, e apenas em alguns museus, globalmente”, dizem os idealizadores, na página do projeto.

Assim, em um espaço virtual, a startup reproduziu três das esculturas mais preciosas do mundo: Nefertiti (1.345 a.C.), Vênus de Milo (101 a.C.) e Davi de Michelangelo (1.504 d.C.).

As luvas táteis vibram conforme o tamanho e a textura da obra de arte. O objetivo é fazer com que o usuário se sinta como se estivesse tocando um objeto 3D. Veja como funcionam:

Veja mais informações no mashable" data-gtm-event-label="https://mashable.com/2018/04/30/haptic-gloves-to-feel-art/#mWu3iLumYPqB">Mashable

Compartilhe: