Últimas notícias:

Loading...

CCBB celebra 10 anos em São Paulo com programação gratuita e espetáculo ao ar livre com projeções na fachada do edifício

Por: Redação

No dia 21 de abril, o Centro Cultural Banco do Brasil comemora 10 anos de atividade em São Paulo e, para celebrar a data, na semana do aniversário, 19 a 24 de abril – que inclui o feriado de Tiradentes e a Páscoa – toda a programação é gratuita.

O destaque fica para o dia do aniversário, às 18h30, com a realização do espetáculo LUCIGRAPHIE, do grupo italiano Openlab Company, dirigido por Luca Ruzzo. Trata-se de uma intervenção urbana que reúne projeções de imagens e luzes lançadas na fachada do prédio do CCBB-SP, com trilha sonora que dialoga com os desenhos luminosos.

Na mesma data, pela manhã, o Dia da Família inaugura seu quarto ano com novidades: arena circense com o grupo Pé de Mola Rope Skipping, que se apresenta em três horários – 11h, 12h e 14h. Às 11h, também tem exibição do filme Saltimbancos Trapalhões com intervenção ao vivo, durante a projeção, do Grupo de Teatro Furunfunfun, que transforma a sessão num verdadeiro 3D! A entrada é gratuita e as senhas para o cinema devem ser retiradas com uma hora de antecedência.

A semana está, ainda, repleta de estréias, O Mundo Mágico de Escher chega ao CCBB São Paulo no dia 19. A exposição que reúne 94 obras, entre gravuras originais e desenhos, do artista que ficou conhecido por representar construções impossíveis.

Na comemoração também tem Cinema Brasileiro: Anos 2000, 10 Questões, que exibe cerca de 60 filmes nacionais produzidos entre 2001 e 2010 e realiza debates temáticos com críticos e pesquisadores sobre esse período da produção nacional. A entrada é franca e o público pode retirar as senhas uma hora antes das sessões, que acontecem de quarta a domingo.

E a peça “A Lua Vem da Ásia”, tem apresentações gratuitas nos dias 22, 23 e 24, durante a Páscoa, dentro da semana do aniversário. O monólogo interpretado por Chico Diaz conta, em forma de diário, a trajetória de um homem incomum. Adaptação do livro homônimo de Walter Campos de Carvalho. Sessões na sexta e sábado, às 19h30 e no domingo, 18h. Senhas disponíveis na bilheteria com uma hora de antecedência.