Mostra “Horror no Cinema Brasileiro” resgata títulos raros do gênero na Cinemateca

Em setembro, três longas raros ganham destaque na programação do espaço

Por: Redação | Comunicar erro
O longa “A Reencarnação do Sexo” será exibido no dia 22 de setembro

No mês de setembro, as telas da Cinemateca Brasileira enaltecem a produção nacional de um gênero ainda pouco desenvolvido no país, pela mostra “Horror no Cinema Brasileiro”, que fica em cartaz entre 21 a 26 de setembro, com ingressos até R$ 8.

Em sessões mensais às sextas-feiras e reprises às quartas, o evento cultua três produções raras: “O Anjo da Noite”, de Walter Hugo Khouri, “O Sósia da Morte” de João Ramiro Mello e “A reencarnação do sexo” de Luiz Castellini.

Pouco exibidos no país, o público da capital paulista pode entrar em contato com estes títulos que acentuaram importante vanguarda para este eixo cinematográfico.

Confira detalhes das produções nas abas abaixo:

O

Dia 22, às 2h 

O Sósia da Morte (Brasil, 1975, 85′, dir.: João Ramiro Mello)

A relação aluno e professor transcende ao aprendizado. No longa, um professor casado mantém relacionamento casual com uma aluna. Sua vida seguia tranquila até o momento em que um sósia começa a segui-lo e passa a descontar cheques em seu nome. Desesperado, ele contrata um detetive para investigar o caso. Logo depois, o homem é assassinado e o professor se torna o principal suspeito do crime. Fotografia de Hélio Silva. Música de Milton Nascimento.
O
Dia 21 às 00h, e dia 26 às 20h30

O Anjo da Noite (Brasil, 1974, 84’, dir.: Walter Hugo Khouri, classificação indicativa: 16 anos)

Com trilha sonora assinada por Rogério Duprat – ícone da sonoridade tropicalista -, a trama, uma jovem estudante é contratada para tomar conta dos filhos de um casal, dono de uma misteriosa mansão em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Na primeira noite de trabalho, sua tranquilidade começa a ser perturbada por telefonemas ameaçadores.

A

Dia 22, às 4h

A Reencarnação do Sexo (Brasil, 1981, 88’, dir.: Luiz Castellini, classificação indicativas: 16 anos)

O longa de Castellini nos apresenta um pai de família que não suporta o romance entre a filha e um empregado. Furioso, ele executa o rapaz numa emboscada.Em um macabro ritual, ele enterra a cabeça do rapaz num vazo, e pouco tempo depois, curiosamente sua filha também morre.os espíritos dos dois jovens retornarão para assombrar o velho.

Compartilhe: