6 fatos sobre câncer de mama que você precisa saber

O Superela conversou com uma médica especialista em mamas para ajudar a esclarecer mais sobre essa doença

Por: Redação Comunicar erro

Como sabemos, o mês de outubro é dedicado à conscientização do câncer de mama. Chamamos toda essa belezinha de Outubro Rosa e confesso que AMO ver a cidade toda iluminada de rosinha, assim como as grandes empresas mudando suas identidades visuais. E tudo isso em prol de uma causa super empoderadora para todas nós!

Falando em empoderamento, não poderíamos deixar de falar sobre os efeitos do Outubro Rosa nas jovens. Acontece que muitas de nós pensam que o câncer de mama é uma doença que afeta somente as pessoas mais velhas e que, por isso, devemos nos preocupar com ele só quando estivermos mais “adultas”. Só que não, né? Eu defendo a seguinte ideia: Tem mama? Então se cuida, menina! O autoexame não dá trabalho, não gasta dinheiro e nem tira o seu sono!

Pra me ajudar a passar essa mensagem, conversei com a Dra. Mônica Stiepcich, especialista em mamas do laboratório Fleury – Medicina e Saúde, e ela topou vir aqui me dar uma mãozinha sobre esse assunto tão importante que é o câncer de mama. Ela me respondeu algumas perguntinhas que vou colocar aqui em tópicos e, juntas, esperamos que todas as nossas leitoras se tornem ainda mais conscientes com relação a essa doença e sua prevenção.

Lembrem-se: nosso corpo é o nosso santuário. É com ele que andamos, dormimos, rimos, corremos, tomamos banho e enfim, vivemos. Ninguém além de nós mesmas pode cuidar dele, hein?

cecile-dormeau

1. Sobre a porcentagem de diagnósticos de câncer de mama em mulheres jovens

Um fator importante que precisamos entender é o seguinte: cada caso varia de pessoa a pessoa, dos genes que ela carrega, da situação e circunstâncias às quais está inserida, de seu país e cultura, e por aí vai.

Sendo assim, o conselho que podemos te dar é o seguinte:

Não se concentre nos números, e sim nas possibilidades. Acontece que a maioria dos casos de câncer de mama são decorrentes de fatores genéticos. Ou seja: procure saber se as mulheres de sua família possuem um histórico de câncer, seja o de mama ou de qualquer outro tipo, e comece a tomar as devidas precauções a partir daí.

Mesmo assim, se houver casos de câncer na família, as mulheres com menos de 40 anos de idade não precisam pirar o cabeção. Basta praticar o autoexame das mamas de vez em quando e, se preciso, realizar um ultrassom como exame de check-up anual, por exemplo.

Nesse ponto, assim que você tiver a primeira menstruação, é muito importante que você tenha uma mastologista que possa te orientar da forma correta!

Esse assunto, aqui, exige menos urgência porque, mesmo com casos de câncer na família, é muito difícil uma jovem desenvolver o câncer de mama tão cedo. Só que não é por causa disso que não devemos dar a devida importância aos cuidados com nossas mamas, né?

2. Sobre cometer alguns erros que poderiam aumentar as chances da ocorrência do câncer de mama

Continue lendo aqui: 6 fatos sobre câncer de mama que você precisa saber!

Texto escrito por Luisa Rodrigues e publicado no Superela.

1 / 8
1
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
2
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
3
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
4
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
5
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
6
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …
7
02:11
Saiba como identificar os sintomas da diverticulite
A diverticulite tem se tornado uma doença comum, principalmente para pessoas acima dos 60 anos. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
8
03:59
Quais sintomas o álcool pode trazer?
O álcool é usado mundialmente, desde a antiguidade. Mas como saber se o seu uso, está nos afetando? Hoje, o Dr. …