Número de remédios que tomamos dita nosso nível de consciência

Antes de tomar um remédio, pare para pensar sobre o motivo que levou o seu corpo a desencadear aquela dor

Por: Patrícia Cândido | Comunicar erro
mulher tomando remédio
Crédito: Tassii/istockÉ preciso entender que entender que precisamos de doses de consciência quando tomamos remédio

Você toma muito remédio? A sua caixinha tem diversos tipos de medicamentos para todas as coisas? Você sabia que a quantidade de remédios que você toma dita o seu nível de consciência? Nesse artigo iremos falar sobre os medicamentos que as pessoas tomam para qualquer coisa e como isso a influência espiritualmente.

Por que o remédio dita o nível consciencial?

Para entender sobre porque o remédio dita o nosso nível consciencial, vou contar uma história a você. Uma vez, nós estávamos fazendo uma prática espiritual meditativa e recebemos uma mensagem canalizada de um ser de muita luz, ele disse que aqui na Terra existiam muitas pessoas que escreviam livros sobre autoconhecimento e disse que devíamos escrever sobre a auto ignorância que é quando nós estamos tão distantes de nós mesmos a ponto de precisar tomar remédios, é quando estamos tão distante da nossa essência que precisamos recorrer a algo sintético para repor aquilo que nós mesmos teríamos que produzir se estivéssemos em equilíbrio.

Após isso, fomos atrás de artigos, livros publicações e de estatísticas que mostram o que os remédios fazem conosco, então esse ser de luz falou que quando uma pessoa está distante do espírito, da energia, e da missão dela ela precisa de remédio.

Remédio – o medicamento em nossas vidas?

Você deve estar se perguntando, “mas não se pode nem tomar um remédio que geralmente todo mundo toma?”, “um paracetamol que todo mundo toma?”, “se a criança estiver precisando de remédios, pois está com alguma doença grave vou ter que deixar ela sem?”. Claro que não, a indústria farmacêutica foi uma benção para a humanidade, pois ajudou a aumentar a expectativa de vida, esperança e qualidade de vida.

Imagina um diabético que não pudesse repor a insulina sinteticamente, ou para alguém realizar uma cirurgia complicada sem anestesia geral? A indústria farmacêutica é muito importante para que a humanidade possa continuar se desenvolvendo. Antigamente as pessoas morriam até mesmo por uma gripe, sarampo, morriam por doenças que atualmente são banais, agora fazem uma vacina e tomam uns remédios para melhorar.

O que acontece é que muitas pessoas acabam exagerando na dose, no consumo e não utilizam grandes doses de consciência quando estão consumindo remédios. Utilizam o remédio sem consciência. Muitas vezes a pessoa tem dor de cabeça, mas não pensa no motivo que a levou a ter essa dor. Às vezes essa dor veio de um problema mal resolvido ou por causa de algum estresse.

Remédio caseiro

mulher tomando chá
Crédito: Halfpoint/istockAlgumas dores e incômodos podem ser resolvidos com chás e plantas medicinais

Nós passamos sempre por essas situações e se a gente conseguir se concentrar e respirar profundamente a sua dor de cabeça pode passar e com isso não é preciso recorrer a nenhum tipo de medicação. Ao invés da medicação você pode utilizar a meditação. É o que o ser de luz falou que se nós fossemos suficientemente evoluídos não precisaríamos de remédios na Terra, nós iríamos ter uma autocura, a nossa mente alinhada com o nosso espírito produziria a cura interna.

Enquanto não chegamos lá, é obvio que continuaremos a utilizar remédios de vez em quando, mas precisamos entender que a gente precisa de doses de consciência quando tomamos remédio; precisa de um comprimido, use, mas, pare para pensar porque você está usando aquilo e porque você está com aquela dor. Geralmente as pessoas pegam um copo de água, tomam o remédio e pronto, elas não pensam no motivo que gerou aquela dor porque têm coisas para fazer, não tem tempo para isso.

Se você não der esse tempo para si, a tendência da sua saúde é piorar muito mais porque você não reserva um tempo para pensar nas suas questões, você não tira de 10 a 15 minutos para pensar e respirar direito, para fazer uma prática meditativa ou para buscar um tratamento como a fitoenergética ou tomar um floral; é preciso reservar um tempo para si mesmo se não a sua saúde tende a piorar e você irá depender de medicamentos e se tornará uma pessoa que consome grandes quantidades de remédios.

Remédios

Quanto mais medicamentos você consome, menos você quer saber o que está causando aquela dor, você quer curar aquilo, remediar, quer que aquela dor passe, não quer ficar pensando nos problemas. As pessoas querem uma fórmula mágica que tire aquela dor para não pensar nas suas questões e isso vai causando um distanciamento entre você e o seu espírito.

Se você consome medicamentos de tarja preta, de consumo contínuo, antidepressivo, psicotrópicos, procure refletir sobre isso, por que você realmente está utilizando? Além de entender o porquê realmente você está usando esse medicamento, existem também meios naturais de encontrar a cura. Existem pessoas que conseguiram a cura por meios naturais, que deixaram os medicamentos de lado, por acompanhamento médico, e são muito mais felizes do que antes porque descobriram a energia das plantas.

Então, procure trocar algo que foi feito na farmácia, que tem muitos efeitos colaterais e contraindicações por algo que foi feito por Deus e sob medida para você que é a energia das plantas. Mas, claro, sempre existem exceções. Há casos de pessoas que tem um karma ligado a vidas passadas que vão precisar tomar determinados remédios durante a vida toda.

Texto escrito por Patrícia Cândido, escritora best-seller, professora e pesquisadora na área da espiritualidade.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:00
Netflix: filmes e séries sobre sexo de uma forma bem divertida
O assunto de hoje é sexo, sendo tratado de forma leve para aprender e se divertir, através de filmes e …
2
03:45
Netflix: Os melhores filmes para você entender a depressão
Indicamos aqui dois filmes que falam sobre como lidar com as emoções e com a depressão: "Divertida Mente", animação de …
3
03:16
Whindersson Nunes dá lição ao falar sobre cirurgia no ânus
Whindersson Nunes voltou a ser assunto nas redes sociais. Desta vez, o motivo foi a cirurgia de emergência que realizou …
4
02:41
Ótimos filmes gratuitos ensinam a lidar com obesidade infantil
Obesidade infantil é uma doença séria. Hoje temos duas dicas de filmes sobre o tema : "Muito Além do Peso” e …
5
02:31
Saiba o que é e como se proteger da tuberculose
Uma reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo mostra um salto nos casos de tuberculose no Brasil.  Só …
6
04:30
As descobertas médicas que surpreendem o mundo
“As Melhores Surpresas do Mundo” é o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. ——————————————————– DIREÇÃO: …
7
04:46
Os perigos do movimento antivacina
O político italiano e ativista antivacina, Massimiliano Fedriga, foi internado para se tratar de uma catapora. Seria engraçado, senão fosse …
8
02:44
O cachorro médico que ajuda crianças com câncer
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …