Bruno Covas deixa hospital após 23 dias internado

Prefeito foi internado com erisipela; nos exames, descobriu um câncer na região do estômago

Por: Redação

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, recebeu alta no fim da tarde desta quinta-feira, 14, após 23 dias internado no Hospital Sírio-Libanês para tratar um câncer na região do estômago.

Bruno Covas foi liberado pelos médicos para voltar a despachar no gabinete da prefeitura, mas somente a partir de segunda-feira, 18. As informações são da Agência Brasil.

Em entrevista coletiva, a equipe médica que cuida do prefeito disse que o resultado do tratamento está dentro do previsto e que Covas não tem sentido nenhum tipo de efeito colateral da quimioterapia.

Crédito: Reprodução/TV GloboO prefeito Bruno Covas (PSDB) faz sinal de positivo ao deixar o Hospital Sírio-Libanês

“Ele vai ter a rotina da vida dele. O limite maior quem dá é o paciente. A partir de segunda-feira, ele volta a ter uma vida de gabinete normal”, disse o médico David Uip, um dos coordenadores da equipe que cuida do prefeito.

A equipe médica também informou que os coágulos que haviam se formado no tórax do prefeito diminuíram e estão sumindo aos poucos. No período fora do hospital, Covas continuará sendo medicado com anticoagulantes.

O prefeita deve retornar ao hospital no próximo dia 25 para fazer exames preparatórios para a terceira sessão de quimioterapia.

O prefeito Bruno Covas estava internado desde o dia 23 de outubro, quando chegou ao hospital com erisipela (infecção na perna), que evoluiu para trombose venosa profunda (coágulos) na perna direita. Os coágulos subiram para o pulmão, causando o que é chamado de embolia.

Compartilhe: