CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Menstruação irregular: como calcular o seu período fértil

Por: Redação

Seja para engravidar ou para evitar uma concepção indesejada, compreender o próprio ciclo menstrual é fundamental para as mulheres. Se você não nasceu com a sorte de ser regulada como um relógio, precisa descobrir as pistas que o corpo manda e fazer alguns cálculos para descobrir o seu período fértil.

Crédito: Getty Images/iStockphotoCálculo ajuda mulheres com período irregular a engravidar

Por isso, pegue um caderninho e faça as contas que o site Minha Vida, parceiro do Catraca Livre, e para você.

O ciclo menstrual é dividido em duas fases. A primeira é a fase folicular, momento em que os folículos ovarianos se desenvolvem. A próxima fase é a fase lútea, quando o corpo se prepara para uma possível gravidez. Esses dois períodos são divididos justamente pela ovulação. A fase lútea sempre dura 14 dias, enquanto a fase folicular pode variar de mulher para mulher. Por isso que é possível contar o período fértil como sendo 14 dias antes da menstruação.

Para fazer o cálculo do período fértil irregular é necessário saber o tempo de duração dos últimos três ciclos menstruais.

De acordo com a ginecologista e obstetra Juliana Amato, você conta um ciclo a partir do 1º dia da sua menstruação até o 1º dia da menstruação seguinte. Um ciclo irregular é justamente a variação de dias em cada ciclo.

Suponhamos que seus últimos três ciclos tenham durado 26, 28 e 29 dias. Nesse caso, a média é 27 dias de duração. Para chegar a essa média basta somar os dias e dividir por três. Por exemplo: 26+28+29= 83/3=27 dias.

Crédito: Getty Images/iStockphotoOlho na folhinha

Após obter essa média, subtraia 14 do valor total. Lembra que falamos sobre a fase lútea, que dura sempre 14 dias? Pois então, os dias antes da fase lútea correspondem à ovulação. Nesse caso a conta deve ser: 27-14=13. Sendo assim, o seu período fértil aconteceria por volta do 13º dia do ciclo.

Mulheres com ciclos muito longos ou muito curtos devem ser avaliadas com critério, pois muitas vezes elas podem não estar ovulando, ovular muito cedo ou muito tarde, quando o corpo não está preparado para isso. Nesses casos é importante buscar um ginecologista.

Para continuar lendo, acesse a matéria completa.

  • Leia também:

Compartilhe:

1
Coronavírus: bancos de sangue de SP estão baixos e pedem doações
Desde o Carnaval os estoques de sangue de São Paulo operam em sinal de alerta e a situação ficou ainda …
2
Coronavírus: informações importantes para você não entrar em pânico
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou situação de pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. O termo pode assustar, mas …
3
OMS declara pandemia de coronavírus
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou situação de pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. Mais de 109 países foram …
4
Aprenda a lavar as mãos corretamente para se proteger do coronavírus
A epidemia do coronavírus põe o mundo em alerta. Para se proteger contra o vírus, entretanto, basta um método básico …
5
Coronavírus: Brasil está pronto para lidar com a doença, diz ministro
O Ministério da Saúde confirmou na quarta-feira, 27, o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil. O paciente é um …
6
Coronavírus: doença pode se tornar uma epidemia no Brasil?
Desde os primeiros rumores do surto de coronavírus na cidade de Wuhan, na China, em dezembro, uma enxurrada de informações …
7
Brasil registra primeira suspeita de coronavírus
Em nota, a Secretária de Saúde do Estado de Minas Gerais confirmou a primeira suspeita de coronavírus, doença misteriosa que …
8
Doença desconhecida preocupa médicos e autoridades na China
Uma pneumonia viral e com causas desconhecidas tem despertado a atenção de médicos, especialistas e autoridades na cidade Wuhan, região …