Últimas notícias:

Loading...

Caso de superfungo foi identificado em paciente com covid na Bahia

Microrganismo estava no cateter do paciente de um hospital privado

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O possível caso de superfungo que fez a Anvisa emitir um alerta aos serviços de saúde do país foi identificado em um paciente internado em UTI com covid-19 em Salvador, na Bahia.

Não foram divulgados detalhes sobre o estado de saúde do paciente, nem o nome do hospital em que ele está internado.

superfungo
Crédito: Sinhyu/istockSuperfungo foi identificado em hospital privado de Salvador

O fungo foi detectado na última sexta-feira, 4, no cateter do paciente. Foram realizadas duas contraprovas, sendo uma no Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) e outra na Universidade de São Paulo, que é a referência nacional do Ministério da Saúde, testando positivo em todas as ocasiões.

As autoridades de saúde investigam se esse seria um caso isolado ou se há outros possíveis casos.

Segundo a Anvisa, o superfungo Candida auris (C. auris) representa uma grave ameaça à saúde global porque é resistente a vários medicamentos antifúngicos comumente utilizados para tratar infecções por Candida.

Uma força tarefa nacional foi organizada para acompanhar o caso e prevenir a disseminação do microrganismo no país.

De acordo com o alerta da Anvisa, o C. auris pode causar infecção em corrente sanguínea e outras infecções invasivas, sendo fatal, sobretudo, em pacientes com comorbidades. Além disso, se espalha facilmente em ambientes hospitalares.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), a taxa de letalidade do C. auris é próxima a 60%.

Compartilhe: