Últimas notícias:

Loading...

Coronavírus: Anvisa busca passageiros do voo de brasileiro infectado

Agência solicitou lista de passageiros à companhia aérea que transportou passageiro com resultado positivo para o vírus

Por: Redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está em busca dos passageiros que estiveram no mesmo voo de brasileiro diagnosticado com o novo coronavírus. O homem, de 61 anos, voltava da Itália e desembarcou em São Paulo, no dia último dia 21.

A agência informou que, por ela ser a primeira autoridade de saúde a ser informada sobre a existência de algum caso suspeito a bordo de aeronaves, é, portanto, responsável pelas primeiras medidas preventiva.

“De acordo com o protocolo estabelecido no plano de contingência, a Anvisa já solicitou à companhia aérea a lista de passageiros que estavam no mesmo voo do passageiro com resultado positivo para coronavírus. O documento será encaminhado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) do Ministério da Saúde, para investigação de outros passageiros do voo que tiveram contato com o caso suspeito”, informou a nota da agência.

aeroporto de cumbica
Anvisa quer saber quem estava no voo de passageiro brasileiro com coronavírus

Além disso, a Anvisa também informou que aumentou a criticidade no monitoramento dos voos internacionais provenientes de países onde há casos confirmados da doença.

Controle em voos

Existem várias orientações que devem ser seguidas por órgãos e trabalhadores que atuam em aeroportos e em aviões, no caso de detecção de algum caso suspeito do novo coronavírus. Uma delas é a de que o comandante da aeronave comunique à autoridade sanitária se houver suspeita da doença no voo. Também é responsabilidade do comandante a adoção de medidas para isolar a pessoa dos demais viajantes.

Como acontece a transmissão

O Covid-19 é transmitido pelas secreções respiratórias. Quando o indivíduo fala ou espirra, ele expele gotículas que contêm o coronavírus que podem passar para outras pessoas. De acordo com informações do Ministério da Saúde, qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

ilustração coronavírus
Crédito: Onurdongel/istockO coronavírus é transmitido pelas secreções respiratórias

Como é definido um caso suspeito do novo coronavírus?

Um caso suspeito é definido quando o paciente possuir o critério clínico de febre acompanhada de sintomas respiratórios e atender uma das três situações: ter viajado nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas para a China ou ter tido contato próximo com um caso suspeito ou confirmado.

Medidas de prevenção

Os cuidados para reduzir o risco de contrair o coronavírus são básicos e incluem lavar as mãos frequentemente com água e sabão, usar desinfetante à base de álcool e evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

ilustração ensinando o jeito de lavar as mãos
Crédito: Catraca LivreLavar bem as mãos é uma das principais recomendações contra o novo coronavírus

Saiba mais detalhes sobre a transmissibilidade do vírus, os sintomas e as formas de prevenção no link abaixo.

Compartilhe: