Últimas notícias:

Loading...

Coronavírus sobrevive até 9 dias em superfícies, descobre estudo

Ao analisar 22 estudos anteriores, cientistas descobriram que os patógenos humanos podem persistir em superfícies por mais de uma semana

Por: Redação

Um estudo publicado no periódico científico Journal of Hospital Infection descobriu que o coronavírus é capaz de sobreviver até 9 dias fora do corpo da pessoa infectada. As análises mostraram que as cepas do vírus conseguem resistir estando em contato com superfícies de vidro, plástico ou metal, desde que mantidas em temperatura ambiente.

Isso significa que se uma pessoa saudável entrar em contato com direto com essa superfície nesse período, ela corre o risco de ser infectada.

médica com máscara segurando uma amostra de sangue identificada com a palavra "coronavírus"
Crédito: Samara Heisz/istockEstudo mostra que coronavírus pode viver até 9 dias fora do corpo

É importante observar que o trabalho revisou 22 estudos que analisavam apenas dados de outros tipos de coronavírus, como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), pois atualmente não existem dados sobre nCoV2019, nome oficial do novo coronavírus. Apesar disso, os autores prevêem que o nCoV2019 provavelmente seja semelhante aos coronavírus anteriores em termos de capacidade de viver fora do corpo e sensibilidade a desinfetantes.

Como acontece a transmissão do coronavírus

A transmissão do novo coronavírus acontece, principalmente, pelas secreções respiratórias. Quando o indivíduo fala ou espirra, ele expele gotículas que contêm o coronavírus que podem passar para outras pessoas. O potencial de doenças respiratórias é muito grande porque a transmissão acontece pelo ar.

A transmissão também pode acontecer através das mãos contaminadas pela secreção respiratória. Se a pessoa infectada passa a mão no nariz ou tosse com a mão na boca, por exemplo, e pega na maçaneta, uma segunda pessoa que também pegar nessa maçaneta e levar a mão até a boca, poderá se contaminar com o vírus.

ilustração coronavírus
Crédito: Onurdongel/istockO coronavírus é transmitido pelas secreções respiratórias

Como é definido um caso suspeito do novo coronavírus?

Um caso suspeito é definido quando o paciente possuir o critério clínico de febre acompanhada de sintomas respiratórios e atender uma das três situações: ter viajado nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas para a China ou ter tido contato próximo com um caso suspeito ou confirmado.

Saiba mais detalhes sobre a transmissibilidade do vírus, os sintomas e as formas de prevenção no link abaixo.

Compartilhe: