Últimas notícias:

Loading...

Droga que elimina câncer em 100% dos casos chega ao Brasil este ano

A taxa de sucesso do medicamento testado em pesquisa norte-americana não é comum e anima os cientistas

Por: Redação

O dostarlimab, droga experimental que foi capaz de eliminar o câncer em 100% dos casos em um estudo americano, deve estar disponível no Brasil em agosto deste ano, de acordo com a farmacêutica GSK Brasil. O medicamento já tem aprovação da Anvisa.

No teste, o anticorpo monoclonal foi utilizado por meio intravenoso para tratar tumores colorretais. Em seis meses de medicamento, o câncer dos pacientes havia desaparecido, sem a necessidade de quimioterapia ou cirurgia. Os resultados foram apresentados no periódico New England Journal of Medicine.

câncer
Crédito: Vitanovski/istockDroga que elimina câncer em 100% dos casos chega ao Brasil este ano

No Brasil, no entanto, o medicamento está liberado apenas para tratar um tipo raro de câncer de endométrio (tecido que reveste a parede interna do útero) recorrente ou avançado com deficiência de enzimas de reparo (dMMR) ou alta instabilidade de microssatélite (MSI-H), que progrediu durante ou após quimioterapia contendo platina.

Em entrevista ao The New Yotk Times, o oncologista Luiz Diaz Jr., um dos autores do trabalho e Chefe da Divisão de Oncologia de Tumores Sólidos do Memorial Sloan Kettering Cancer Center, disse que a taxa de sucesso da pesquisa norte-americana não é comum, e talvez seja a primeira vez que algo do gênero é registrado em toda a história de estudos contra o câncer.

O que é o dostarlimab?

A droga é um anticorpo monoclonal inibidor de controle, projetada para induzir as células imunes a reconhecerem e atacarem células do câncer. Ela foi aprovada pela primeira vez nos Estados Unidos para uso como tratamento contra o câncer no início de 2021.

Além de os 12 envolvidos no experimento se livrarem da doença e não apresentarem nenhum vestígio de câncer em qualquer parte do corpo, eles não sofreram efeitos adversos graves.

jemperli
Crédito: Divulgação/GSKO medicamento tem o nome comercial de Jemperli

O medicamento, que leva o nome comercial de Jemperli, vem um frasco e seu conteúdo é injetável  por via intravenosa (numa veia) durante 30 minutos por um médico ou enfermeiro em um centro médico ou centro de infusão.

Geralmente, é administrado uma vez a cada 3 semanas por 4 ciclos e, em seguida, uma vez a cada 6 semanas, de acordo com o protocolo médico.

Compartilhe:

?>