Estudo sugere que sedentarismo está relacionado com ansiedade

Por: Redação

Um estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Deakin, na Austrália, mostrou que os longos períodos sentados no sofá é prejudicial para a saúde mental e o bem-estar. O teste foi realizado com crianças e adultos que passam grande parte de seus dias jogando vídeo game, navegando na internet e assistindo televisão. As informações são do ‘The Daily Mail’.

De acordo com a pesquisa, o grupo observado é mais propenso a ter ataques de ansiedade se comparado com pessoas com uma rotina ativa. A condição resulta em sintomas físicos tal como batimento cardíaco acelerado, dificuldade respiratória, músculos tensos e dores de cabeça.

Istock/ © MaxRiesgo
A ansiedade foi relacionada com o tempo em que as pessoas ficam sentadas

Além disso, doenças como a obesidade, cardíacas, diabetes tipo 2 e osteoporose podem estar relacionadas com o sedentarismo.

Leia a matéria completa, em inglês.

Compartilhe: